Iguatemi reforça compromisso com a sustentabilidade através do Projeto de Gerenciamento de Resíduos

Iguatemi reforça compromisso com a sustentabilidade através do Projeto de Gerenciamento de Resíduos

Iniciativa conta com o apoio de 89% dos lojistas do shopping e destina toneladas de resíduos reciclagem, mensalmente, dezenas de toneladas de resíduos sólidos

Correio do Povo

publicidade

O Iguatemi Porto Alegre reforça seu compromisso com a sustentabilidade e aprimora, a cada dia, seus processos internos para cuidar do meio ambiente. Com o Projeto de Gerenciamento de Resíduos o shopping destina à reciclagem, mensalmente, toneladas de materiais. No último mês de maio, cerca de 63 toneladas de resíduos foram encaminhadas à reciclagem. No ano passado, mais de 100 toneladas de resíduos orgânicos provenientes de praças de alimentação e restaurantes foram destinadas à compostagem, processo que transforma o material em adubo – posteriormente, esse adubo é reutilizado nos jardins do shopping.

O Iguatemi realiza a segregação correta dos resíduos desde 1997, mas o projeto funciona nos moldes atuais desde 2016. “O Iguatemi Porto Alegre é referência entre os shoppings no que diz respeito ao compromisso com a sustentabilidade. Atualmente, o projeto de reciclagem conta com amplo apoio dos profissionais que atuam no shopping. Além de acompanhar este processo, buscamos conscientizar os colaboradores, com trabalho contínuo de treinamentos ambientais, realizados pela empresa gestora do projeto”, afirma Nailê Santos, Gerente Geral do Iguatemi.

A iniciativa, que conta com a colaboração de 89% dos lojistas, segundo dados do último mês de maio, tem como gestora a Andrade Paulista, empresa especializada em soluções de sustentabilidade. Há cinco anos, a companhia é responsável pela execução, controle e monitoramento do projeto. Periodicamente, a empresa realiza vistorias, avaliações nas operações e treinamentos com lojistas, equipe de limpeza, de segurança, operadores da Doca e demais colaboradores do shopping, de modo a promover a segregação correta dos resíduos e minimizar os recursos extraídos do meio ambiente.

“O shopping promove cuidadosa gestão dos resíduos sólidos gerados no estabelecimento, desde o acompanhamento na geração do resíduo nas operações até o encaminhamento à destinação final ambientalmente correta, e nosso papel é acompanhar as etapas durante todo este processo. Para conter o avanço da pandemia, houve momentos em que alguns setores do comércio tiveram que fechar. Porém, permanecemos realizando a gestão dos resíduos regularmente durante todo o período”, conta Tereza Cristina Silveira de Andrade, Diretora da Andrade Paulista e consultora ambiental.

O projeto também conta com o apoio da Juntapel, empresa responsável pela logística completa de reciclagem e comercialização dos produtos. Já os resíduos orgânicos são encaminhados à Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí, a Ecocitrus, onde passam por processo de compostagem. 

Até junho de 2019, 40% dos lojistas contavam com o selo de adesão, que é concedido aos estabelecimentos que realizam corretamente a separação e descarte dos resíduos. Atualmente, 74% dos lojistas têm o selo de adesão total ao projeto. “Contamos com índice alto de engajamento dos colaboradores, o que contribui para melhor gestão dos resíduos e, consequentemente, mais benefícios à preservação do meio ambiente”, ressalta Dagmar Sehn, Gerente de Operações do Iguatemi.

O Projeto de Gerenciamento de Resíduos atende à Lei nº 12.305, de 2010, que instaurou a Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), mas a segregação de materiais é realizada há quase 25 anos no Iguatemi. A iniciativa respeita a legislação e as normas técnicas referentes ao gerenciamento de resíduos sólidos, tanto em âmbito Federal, como Estadual e Municipal.

Números da reciclagem

 

∙       89% dos lojistas participam do programa

∙       74% dos lojistas possuem o selo de adesão total

∙       15% precisam fazer melhorias no seu processo de reciclagem

∙       130 toneladas de resíduos gerados em maio

∙       47% são resíduos recicláveis

 

O projeto funciona da seguinte maneira

 

1.   Os lojistas separam seus resíduos dentro da própria operação e descartam, de acordo com a classificação correta, nas gaiolas disponíveis no centro de reciclagem do Iguatemi, localizado no estacionamento do empreendimento.

Em caso de resíduos recicláveis:

2. Os resíduos recicláveis são segregados, compactados e pesados por equipes especializadas que trabalham diariamente no centro de reciclagem.

3.    A Juntapel recolhe os resíduos recicláveis, avalia os fardos – isto é, os materiais compactados – e destina aos receptores finais, após verificação de conformidade às normas ambientais.

Em caso de resíduos orgânicos:

3. Os resíduos orgânicos são descartados em uma compactadora de 7m³ e destinados, pela Juntapel, à Cooperativa de Citricultores Ecológicos do Vale do Caí, a Ecocitrus, em Montenegro.

4. Já os rejeitos são armazenados em uma compactadora de 17m³ e destinados, pela Juntapel, ao aterro CRVR - Companhia Riograndense de Valorização de Resíduos.

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895