Pesquisadores holandeses na área de saúde em Porto Alegre
capa

Pesquisadores holandeses na área de saúde em Porto Alegre

Eles estão no Brasil para conectar redes de assistência para apoio a decisões médicas

Por
Correio do Povo

publicidade

Pesquisadores holandeses na área de saúde em Porto Alegre

 

Eles estão no Brasil para conectar redes de assistência para apoio a decisões médicas

 

Pesquisadores holandeses desembarcam em Porto Alegre, nesta quinta (28) para se reunir com coordenadores de saúde, inovação e tecnologia dos hospitais Moinhos de Vento, Clínicas e da PUC. A pauta do encontro, na área da pesquisa aplicada, é conversar sobre Big Data e Data Science aplicado à saúde. A viagem dos holandeses será acompanhada pelo Escritório Holandês de Apoio aos Negócios (Netherlands Business Support Office – NBSO), em Porto Alegre.

        O NBSO vai funcionar como ponte para conectar a troca de informações na área de pesquisa em saúde. “A ideia é apoiar as instituições brasileiras para agregar valor à cooperação à pesquisa, focada principalmente no tratamento do conjunto de dados processados e analisados em saúde pública para expandir o conhecimento e aplicações para questões práticas, levando oportunidades à inovação e colaboração tecnológica”, explica Richard Posma, chefe do NBSO na capital gaúcha.

        A escolha dos hospitais foi determinada pela suas atuações em pesquisa. Foram escolhidos hospitais público (Clínicas) e privados como o São Lucas e o Moinhos de Ventos. Sendo que o da PUC atende também o SUS, detalha Posma, lembrando que são entidades referências na área de pesquisa e desenvolvimento.

        Os cientistas são professores de duas universidades: Fons J. Verbeek, chefe de Imagem e Bioinformática da Universidade de Leiden e Peter van Ooijen, professor associado do Centro Médico da Universidade de Groningen. Eles estão no Brasil acompanhados por dois representantes do governo holandês, Robert Thijssen e Niels van Leeuwen, das áreas de inovação e tecnologia do Ministério da Saúde, e pela representante da área de ciência e inovação do Consulado Geral da Holanda em São Paulo Petra Smits. Os holandeses visitarão três cidades brasileiras com o mesmo propósito: São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

        A Holanda procura pesquisadores para melhorar a pesquisa sobre biomarcadores, genoma e envelhecimento através da composição rica e sofisticada da população brasileira. “É grande a quantidade de dados disponíveis e a experiência do Brasil no trabalho com diversos biobancos”, enfatiza o chefe d NBSO em POA:

Esta visita é parte do programa iniciado pelo NBSO para auxiliar Porto Alegre a ser reconhecida como um HUB de conhecimento na área da saúde. Para isso, organizam encontros para conectar universidades, hospitais e empresas gaúchas com soluções holandesas, no sentido de melhorar possibilidades para todos envolvidos.