Senai produz e doa máscaras em várias regiões do Estado
capa

Senai produz e doa máscaras em várias regiões do Estado

Instituição vem trabalhando em várias frentes para produção de EPIs no combate à Covid-19

publicidade

 O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) está produzindo aventais e máscaras para hospitais e outras instituições em diversas regiões do Estado, além de capacitar empresas para a confecção dos equipamentos de segurança. A iniciativa faz parte da ação da instituição para a produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) a fim de contribuir no combate à Covid-19 e seus efeitos econômicos e sociais.

          Em Porto Alegre, o Senai Moda e Design confeccionou 370 aventais para o Hospital Divina Providência, com TNT doado pela instituição de saúde. Esta semana estão sendo fabricados outros 110. Duas instrutoras e oito voluntários, entre alunos e ex-alunos, estão trabalhando no Senai Porto Alegre também para confecção de 5,1 mil máscaras com material cedido pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul. A meta é alcançar 17,5 mil. Estes EPIs serão distribuídos  aos médicos e profissionais da saúde que estão atendendo na linha de frente no combate ao coronavírus, assim como para colaboradores do próprio Simers que fazem atendimento presencial. Também participam desta ação, as unidades do Senai de Igrejinha, Montenegro, São Sebastião do Caí e Sapiranga e a empresa Bacharel Malhas e voluntários.  O Lar da Caridade, de Canoas, (100) e unidades do Senai (1.450) também receberam EPIs, com material cedido por voluntários e sobras de cursos da própria instituição.

Em Caxias do Sul, em uma parceria entre o Senai e a Câmara de Indústria,  Comércio e de Serviços da cidade, 11 voluntários, entre instrutores e ex-alunos, estão no Senai Nilo Peçanha confeccionando 3 mil uniformes hospitalares (calça e blusa) e 10 mil mil máscaras. Parte dos EPIs já foram doados para o Hospital Geral e Pompeia, além do Círculo Operário e Unimed Nordeste. Também na Serra, em Bento Gonçalves, o Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário tem como meta produzir 10 mil máscaras de proteção para profissionais da saúde do Hospital Tacchini, com a ajuda de volutários. Até o momento foram entregues 8 mil EPIs. O mesmo instituto, em parceria com a Prefeitura de Bento Gonçalves, confeccionou 1,3 mil máscaras para adultos e 400 para crianças que serão distribuídas pela Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social e os cinco Centros de Convivência do Município.

         Na região Norte, com ajuda da comunidade, o Senai Panambi mobilizou colaboradores para a confecção de máscaras destinadas aos profissionais do Hospital da cidade. O primeiro lote com mil máscaras já foi entregue e ainda há outro com 2 mil EPIs sendo confeccionado.