Pela Sbornia e Pela Graxa!

Pela Sbornia e Pela Graxa!

Está em fase de produção a segunda temporada de A Sbornia em Revista e o Sarau dos Artistas promove campanha pelos técnicos de espetáculos

Samba Delas é uma das atrações da segunda temporada de A Sbornia em Revista

publicidade

A Expedizsøn

Já está em fase de produção a segunda temporada de A Sbornia em Revista. Chamada de A Expedizsøn, a websérie apresentará entrevistas e clipes inéditos no estilo sborniani com artistas da periferia de Porto Alegre e de outras regiões do Estado, tendo à frente os desbravadores Kraunus Sang (Hique Gomez), Nabiha Nabaha (Simone Rasslan) e o professor Ubaldo Kanflutz (Claudio Levitan). Entre os músicos convidados, estão Dona Cô, sambista octogenária de Pelotas, o jovem gaiteiro Douglas Santana, de São Francisco de Paula, e o grupo feminino de pagode SambaDelas (foto), de Porto Alegre. A websérie, que terá três episódios, tem estreia prevista para o final dp mês no Youtube de A Sbørnia Kontr’Atracka (youtube.com/channel/UCRky59cP8QreSadMgsePGsw).

Pela Graxa!

A campanha Todos Pela Graxa!, do Sarau dos Artistas, capitaneado pelo músico Adriano Trindade e a produtora Daia Gomes, segue até o fim de março, visando a uma ação assistencial aos trabalhadores do setor técnico da música, que são os mais prejudicados com a pandemia, sem shows ou eventos presencial. A cada dia, são publicados vídeos nas redes do Sarau: Facebook @saraudosartistas ou Instagram @saraudosartistasportoalegre, pedindo doações feitas por Pix, que revertem em cestas básicas aos profissionais. A ação conta com a colaboração do Piquet Coelho, experiente roadie e diretor de palco. Participem! 

 

 

Trajetórias

O Prêmio Trajetórias - Mestra Griô Sirley Amaro, executado pela Secretaria de Estado da Cultura e Instituto Trocando Ideia, formalizado por Chamada Pública e financiado pela Lei Aldir Blanc, divulgou o número de inscrições. No total, foram recebidas 5.218 inscrições. A Comissão de Seleção avalia até o fim do mês as trajetórias culturais atribuindo notas de um a cinco. O propósito é valorizar a relevância das ações, atividades e/ou projetos desenvolvidos na área cultural, impacto da trajetória na comunidade de atuação e tempo percorrido. O edital contemplará 1.500 trajetórias nas nove Regiões Funcionais dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), com R$ 8 mil para cada premiação, totalizando R$ 12 milhões. Resultado em 13 de abril. 

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895