Um concerto para os Namorados

Um concerto para os Namorados

Concertos Comunitários Zaffari – Clássicos do Jazz – Especial Dia dos Namorados, será realizado em edição on-line e gratuita no domingo, 13 de junho, às 18h

Concertos Comunitários Clássicos do Jazz terá músicas que vão de Louis Armstrong a Chick Corea

publicidade

Concertos de amor

O Concertos Comunitários Zaffari – Clássicos do Jazz – Especial Dia dos Namorados, um dos mais tradicionais espetáculos no Rio Grande do Sul, tem edição on-line e gratuita confirmada no domingo, dia 13 de junho, 18h. Em tempos de distanciamento social, o espetáculo será transmitido pelos canais oficiais do Grupo Zaffari: YouTube e Facebook. Para garantir a segurança de todos, o espetáculo será realizado no Teatro do Bourbon Country, seguindo protocolos recomendados por órgãos sanitários e de saúde. A Orquestra Theatro São Pedro, com regência do Maestro Evandro Matté e os solistas Débora Neto, Luciano Leães, Mari Kerber e Ale Ravanello, apresenta clássicos do jazz e do blues internacional e de compositores gaúchos como “Saint Louis Blues (William Christopher Handy), “Summertime” (George Gershwin), “Feeling Good” (Nina Simone). “Right Across the Street” (Mari Kerber & Ale Ravanello). “Take Five” (Paul Desmond), “Go Down Moses” (Louis Armstrong), “Song for JB” (Luciano Leães), “Georgia on my Mind” (Ray Charles), “In the Mood” (Glenn Miller) e “Spain” (Chick Corea). A apresentação será de Tânia Carvalho.

 

"Minha ideia continua sendo morar em Porto Alegre 
quando me aposentar. Pelo menos no curto prazo. 
Nunca senti a necessidade de dizer basta com tanta 
firmeza quanto agora. E meu segundo pensamento 
é que quero continuar jogando. Em princípio, mais
um ano. E adoraria me aposentar mais tarde no 
Inter com um jogo do Gaúcho, por exemplo".

Andrés Nicolas D’Alessandro
"D’ALE - Meus sonhos, meu futebol, minha vida, meu legado" (Editora Sulina, 2021, 336 páginas)

 

Shows em palavras

A não realização de grandes shows musicais nos últimos 15 meses trouxe saudade das grandes apresentações que já passaram pelo país. Para amenizar a ausência destes espetáculos, Márcio Grings lança coletânea de resenhas sobre apresentações que presenciou nos últimos 23 anos. “Quando o Som Bate no Peito” — descrição da experiência sinestésica de assistir a uma banda ou músico in loco — traz 34 relatos cobrindo performances internacionais de nomes como Bob Dylan, Paul McCartney, Rolling Stones, The Who, Roger Waters, Eric Clapton, Buddy Guy, Deep Purple, Black Sabbath e outros. Alguns destes shows, este colunista também vivenciou. Um álbum colorido destaca as 130 imagens do livro, feitas por 18 fotógrafos profissionais. A obra está em pré-venda pelo hotsite interativo e pelo memorabiliastore.com.br. Lançamento oficial na terça, dia 8. “Escrever sobre música é uma experiência transcendental. Invariavelmente, canções refletem nossas alegrias, tristezas, dilemas e aspirações”, conta Grings. 

 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895