Com fim das prévias, desafio apenas começou no PSDB

Com fim das prévias, desafio apenas começou no PSDB

Após escolher Doria, partido deverá se unificação e conseguir viabilizar uma candidatura de terceira via

Taline Oppitz

João Dória venceu prévias do PSDB

publicidade

Após o fiasco do último domingo e de uma semana marcada por incertezas, trocas de acusações e desgastes, o PSDB, enfim, conseguiu encerrar o processo de prévias. Em uma disputa acirrada, entre os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o paulista levou a melhor.

A vitória de Doria representa uma campanha totalmente distinta do gaúcho. Leite é considerado um político de diálogo. Doria, por sua vez, é classificado como arqui-inimigo de Jair Bolsonaro e do seu clã. Após um processo difícil, ambos garantem a união do partido e de um projeto. Na prática, no entanto, o principal desafio do PSDB será a unificação do partido. Os tucanos se desgastaram e saíram estraçalhados das disputas internas.

Após a união do partido, o próximo passo será a viabilidade de se firmar como uma terceira via na polarização cada vez mais forte entre Bolsonaro e o ex-presidente Lula. O PSDB está acostumado a ser protagonista em eleições presidenciais. Mas o cenário virou em 2018, com a ascensão de Bolsonaro, que rompeu a eterna briga entre tucanos e petistas. Além de ganhar a presidência, Bolsonaro, que concorreu pelo PSL, até então um partido nanico, elegeu a maior bancada da Câmara.

A briga pelo Planalto contará com outros fatores que não podem ser ignorados, como as candidaturas do veterano Ciro Gomes (PDT) e do novato Sergio Moro (Podemos). Com a vitória de Doria, no entanto, o esperado é uma eleição ainda mais bélica. Com o resultado das eleições das prévias tucanas, as peças irão se movimentar nos cenários eleitorais e nos estados.O MDB, no Rio Grande do Sul, e o próprio Bolsonaro, com sua filiação ao PL, que havia sido adiada, serão os próximos passos.

Leite, o gaúcho de Pelotas, um jovem, que transformou o Rio Grande do Sul em vitrine da administração tucana para o Brasil, perdeu para Doria e a hegemonia do PSDB paulista, mas, definitivamente, saiu do processo maior do que entrou. A Doria, caberá o desafio de levar o PSDB aos áureos tempos, após o desempenho pífio de Geraldo Alckmin na última eleição presidencial.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895