Desde junho, governo do RS investiu R$ 633,4 mi em infraestrutura rodoviária

Desde junho, governo do RS investiu R$ 633,4 mi em infraestrutura rodoviária

Piratini divulga nesta terça-feira o balanço do Plano de Obras 2021-2022

Taline Oppitz

publicidade

O governo gaúcho divulga nesta terça-feira, às 15h, balanço sobre o Plano de Obras 2021-2022. Segundo os dados, o Executivo alcançou a marca de R$ 633,4 milhões em investimentos na infraestrutura rodoviária do Rio Grande do Sul. O conjunto de ações teve início em junho. Desde então, já foram concluídas e iniciadas 93 intervenções para a melhoria de estradas estaduais.

Os recursos correspondem a 49% do total de R$ 1,3 bilhão anunciado pelo governador Eduardo Leite (PSDB) na área. Segundo as informações da Secretaria dos Transportes, durante os primeiros cinco meses de atividades, 36 obras já foram entregues e 57 iniciadas na malha administrada pelo Daer. “Com foco no reequilíbrio financeiro e um trabalho sério na gestão dos recursos públicos, já conseguimos aplicar neste período cinco vezes mais do que a média anual de investimentos em nossas rodovias”, disse o secretário Juvir Costella. Majoritariamente, as ações concluídas são relativas a serviços de recuperação e manutenção de trechos rodoviários.

Até o fim de outubro, 35 deles tiveram as condições de tráfego renovadas em diferentes regiões gaúchas. Entre elas, Serra, Noroeste, vales do Rio Pardo e Taquari, Norte e Nordeste. Entre as estradas atendidas estão a ERS 571 (Chiapetta - Santo Augusto), ERS 210 (Boa Vista do Buricá), VRS 813 (Garibaldi - Farroupilha), ERS 331 (Marcelino Ramos), RSC 471 (Encruzilhada do Sul - Canguçu), ERS 129 (Colinas) e a RSC 472 (Três Passos - Frederico Westphalen).

Além de melhoria das condições em estradas já asfaltadas, os cinco primeiros meses do Plano de Obras também viabilizaram investimentos superiores a R$ 423 milhões na pavimentação de acessos municipais e ligações regionais. No total, 23 obras desta modalidade estão em andamento na malha rodoviária estadual


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895