"Donas da História" em exposição no Piratini

"Donas da História" em exposição no Piratini

Mostra homenageia os 50 anos do 20 de novembro, dia da Consciência Negra

Taline Oppitz

Exposição homenageia mulheres negras do Rio Grande do Sul

publicidade

Foi inaugurada no Palácio Piratini a exposição fotográfica “Donas da História”, que homenageia mulheres negras do Rio Grande do Sul. A exposição faz parte das ações que marcam os 50 anos do 20 de novembro, dia da Consciência Negra, estabelecido a partir de um movimento iniciado no Rio Grande do Sul em 1971, e do centenário do Palácio.

A exposição, que tem curadoria de Clarissa Lima, assessora de Diversidade da Secretaria da Cultura, e Izis de Abreu, historiadora de arte e curadora do Margs, destaca 16 mulheres negras gaúchas, oito delas in memoriam.

Representando 21% da população gaúcha, cerca de 2,3 milhões de habitantes, as pessoas negras (pretas e pardas) estão em desvantagem na comparação com os brancos em uma série de indicadores relativos à educação, saúde, mercado de trabalho e representação política no Rio Grande do Sul, segundo dados do Departamento de Economia e Estatística (DEE).


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895