Propostas, ideologias e trajetórias marcam debate

Propostas, ideologias e trajetórias marcam debate

Manuela D'Ávila e Sebastião Melo subiram tom em críticas

Taline Oppitz

publicidade


O debate promovido pela Rádio Guaíba, Correio do Povo e Amrigs, entre os candidatos Manuela D’Ávila (PCdoB) e Sebastião Melo (MDB), que disputam o segundo turno da eleição em Porto Alegre, foi marcado por propostas para a cidade, mas também por ataques e cobranças sobre as origens, trajetórias e vinculações políticas e ideológicas de ambos. Jair Bolsonaro, Lula José Sarney e Flávio Dino, governador do Maranhão, foram nomes presentes nas manifestações, especialmente para marcar as críticas ao adversário.

No confronto, ficou evidente que Manuela e Melo conhecem Porto Alegre, eles inclusive têm pontos convergentes em seus programas de governo, mas as diferenças de visão de Estado e ideológicas se impuseram. O modelo estabelecido no debate, que permitiu interação livre entre os candidatos no último bloco, intensificou as divergências ideológicas e viabilizou comparações entre os governos do MDB ou que contaram com a participação do partido e dos 16 anos de gestões do PT, partido do vice de Manuela, na Capital. Na foto, no início do debate, Manuela ofereceu chocolates a Melo. O clima foi consideravelmente distinto no fim do confronto.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895