Rio Grande do Sul já recebeu 457 mil vacinas. Destas, 76.260 foram aplicadas

Rio Grande do Sul já recebeu 457 mil vacinas. Destas, 76.260 foram aplicadas

Neste domingo, 116 mil doses da AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford, chegaram ao Estado

TALINE OPPITZ

RS já começou a imunizar mais de 76 mil pessoas

publicidade

Com a chegada, neste domingo pela manhã, de mais um lote com cerca de 116 mil doses da vacina contra a Covid-19, o Rio grande do Sul já conta com aproximadamente 457 mil doses encaminhadas ao Estado. Como tanto a Coronavac, primeira recebida, quanto a AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford e que teve o carregamento importado da Índia, são de duas doses. No caso da segunda, no entanto, a nova aplicação precisa ser feita apenas três meses após a primeira, o que levará o governo a utilizar todo o lote neste momento. No primeiro lote, 341,8 mil doses chegaram em território gaúcho. Inicialmente, segundo a secretária da Saúde, Arita Bergmann, somente na área da saúde, eram 361 mil trabalhadores. O número acabou ampliado, no entanto, com a inclusão de outros servidores do setor. Com a primeira leva, a estimativa era de vacinação de 122 mil que atuam diretamente em UTIs e em contato próximo com doentes da Covid-19, representando 34% dos trabalhadores.

O total dos integrantes do grupo de risco da fase 1 no Estado, originalmente, era de de 972 mil pessoas, o que representaria a necessidade de perto de 2 milhões de imunizantes para ser vencido. A partir de hoje, as vacinas AstraZeneca começarão a ser enviadas às regionais de todo o Rio Grande do Sul. Seguem como prioridade o grupo de trabalhadores da saúde, que atuam na linha de frente no atendimento dos contaminados. De acordo com o painel disponibilizado na sexta-feira pelo governo gaúcho, até ontem pela manhã, haviam sido distribuídas 170,8 mil doses e 76.260 já foram aplicadas. Os dados podem ser acompanhados pelo site vacina.saude.rs.gov.br, atualizado diariamente, até às 11h, com base nas informações repassadas à Secretaria Estadual da Saúde pelos municípios até a noite anterior.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895