Sicoob registra aumento de 22% nas operações de crédito
CONTEÚDO PATROCINADO

 

Sicoob registra aumento de 22% nas operações de crédito

São cerca de 2,5 mil novos cooperados por dia útil em unidades de todo o Brasil

Agência de Guaporé é uma das unidades de atendimento presentes no Rio Grande do Sul


publicidade

No primeiro trimestre de 2020, o Sicoob registrou um valor de R$ 64,3 bilhões no volume de Operações de Crédito. Um aumento de 22% em relação ao mesmo período do ano passado. O gerente de Negócios, Dangelo Dalla Rosa, destaca que é em períodos de crise que o cooperativismo cresce ainda mais. “Nos últimos anos, o cooperativismo sempre cresceu acima da média, mas em um cenário econômico de incertezas e inseguranças, o avanço é ainda maior”. Atuando com taxas diferenciadas, diferentes das praticadas pelo mercado bancário tradicional, o sistema cooperativista mostra sua força no estímulo à justiça financeira dos cooperados.

As receitas das operações de crédito aumentaram 9,1%, aproximando-se de R$ 2,8 bilhões, com relação ao mesmo período de 2019. Dessa forma, a entidade teve alta de 29,3% em suas sobras líquidas, somando R$ 897,6 milhões em recursos que retornam a seus cooperados ou no desenvolvimento das cooperativas. Termo utilizado para representar o lucro líquido das cooperativas fi­nanceiras, o valor das “sobras líquidas” também indica o volume de recursos que serão distribuídos entre os cooperados.

Com a pandemia do novo Coronavírus, o Sicoob agiu com rapidez para se reajustar à nova realidade. Ao contrário do sistema bancário tradicional, adotou medidas para amenizar os impactos econômicos causados no bolso dos cooperados. De acordo com Dangelo Della Rosa, as cooperativas fi­nanceiras mantêm uma taxa de sucesso de mais de 30% na concessão de crédito para os pequenos negócios durante a pandemia. “Esses dados são de uma pesquisa realizada pelo Sebrae, entre o ­mês de abril e o início de maio. No Sicoob, nós buscamos alternativas para contribuir com a saúde ­financeira dos cooperados”, explica.

Outra ação realizada, para garantir a segurança e trazer ainda mais facilidade para o cooperado, foi alterar o funcionamento do aplicativo. Anteriormente, era exigido que a primeira transação fosse realizada a partir de uma validação, de forma presencial, no caixa eletrônico. Com o isolamento social recomendado como principal medida de prevenção ao coronavírus, foi alterada essa condição nos dispositivos mobile. O gerente de Negócios destaca que a medida, realizada de forma emergencial, priorizou a segurança dos dados e transações.

Entre os destaques dos primeiros meses de 2020, está o crescimento do número dos cooperados em 8,5%, passando de 4,37 milhões em março de 2019 para 4,74 milhões no mesmo mês de 2020. “São cerca de 2,5 mil novos cooperados por dia útil. Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul dobramos o tamanho em apenas cinco anos”, salienta Dalla Rosa. Atualmente, o Sicoob é a única instituição ­financeira presente em 308 municípios brasileiros. Neste ano, de janeiro a março, foram inaugurados 92 locais para atendimento.

Investimento em tecnologia

O gerente de Negócios, Dangelo Dalla Rosa, explica que o investimento em tecnologia sempre foi uma prioridade. Além da presença física em todo o Brasil, o Sicoob desenvolve cada vez mais seus canais digitais. Entre janeiro e março de 2020, cerca de 40 mil cooperados realizaram sua ­ligação pelo aplicativo Sicoob Faça Parte, totalizando R$ 43 milhões em Operações de Crédito e R$ 37,6 milhões em depósitos.

As transações em canais digitais representaram 77% do total de operações ­financeiras e não ­financeiras do Sicoob. O avanço tecnológico, com reforço na usabilidade e na segurança, proporciona ainda mais praticidade para o cooperado que busca alternativas para lidar com a vida agitada.