Projeto da Univates cria estratégias para aulas virtuais
CONTEÚDO PATROCINADO

 

Projeto da Univates cria estratégias para aulas virtuais

Kits com atividades de leitura e vídeos são desenvolvidos para turma do 1º ano do Ensino Fundamental

Por
COLABORE

O projeto tem parceria com a Escola Professora Ruth Markus Huber, de Estrela


publicidade

O projeto de extensão Alfab&letrar, desenvolvido pela Univates, em parceria com a Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Ruth Markus Huber, de Estrela, precisou ser reinventado. Em função da pandemia causada pela Covid-19, as atividades passaram a ser realizadas de forma virtual. Foram elaborados kits com atividades de leitura e vídeos para a turma do 1º ano do Ensino Fundamental.

Com o objetivo de desenvolver atividades lúdicas para promover o processo de alfabetização e letramento literário para os estudantes da Educação Básica, os integrantes do projeto perceberam o momento atual como uma oportunidade para contribuir e fortalecer o processo de ensino e aprendizagem no ambiente digital. A coordenadora do Alfab&letrar, professora Danise Vivian, explica as estratégias traçadas. “Professores, acadêmicos, egressos e comunidade escolar se reuniram em um grupo de estudos que definiu conceitos-chave. A partir disso, surgiu a proposta de desenvolver materiais didáticos e pedagógicos para serem encaminhados para os estudantes”. Uma oportunidade para eles realizarem as atividades escolares nas suas casas.

A coordenadora relata que as intervenções virtuais e os materiais desenvolvidos para os estudantes configuram-se a partir do desenvolvimento de um olhar e de uma escuta sensíveis sobre a realidade. “Buscamos criar possibilidades de promover a alfabetização, o letramento e o letramento literário a partir de ações lúdicas em âmbito escolar”. Livros da literatura infantil são selecionados, a partir de critérios estabelecidos pelo grupo, e as atividades são criadas com base nas obras. Entre a seleção de exemplares constam os livros “O Chá das Maravilhas”, “O homem que amava caixas” e “Você troca?”.

As ações realizadas pelo projeto estão enriquecendo os processos de ensino e de aprendizagem nas aulas. “Com a reestruturação do Alfab&letrar percebemos o impacto no envolvimento dos alunos que estavam um pouco afastados das questões escolares”, diz Danise. Além do engajamento dos estudantes, a professora referência da Escola Municipal também relatou o auxílio no próprio planejamento neste momento de pandemia.

Desenvolvido no curso de Pedagogia da Univates, o projeto de extensão Alfab&letrar conta com colaboração e associação do curso de Letras. “Apesar de ter esses dois cursos como referência, fazem parte do projeto extensionistas de diferentes áreas do conhecimento”, conta a coordenadora. Uma integração que enriquece e gera troca de experiências.