Pré-candidatos iniciam arrecadação eleitoral para Eleições 2020
capa

Pré-candidatos iniciam arrecadação eleitoral para Eleições 2020

Essent Jus, de Tucunduva, disponibiliza pela segunda eleição seu Robô de Arrecadação para candidatos, e se prepara para bater os números do último pleito

Por
COLABORE

Possíveis doadores acessam o site do candidato e definem o valor a ser doado


publicidade

Com o avanço das definições acerca das Eleições 2020, como a determinação da data do pleito, partidos e candidatos estão movimentando ações para a campanha eleitoral. E a Essent Jus, empresa que criou ainda em 2018 seu Robô de Arrecadação, tecnologia responsável por arrecadar R$ 1 em cada R$ 4 oriundo de financiamento coletivo nas Eleições 2018, já disponibiliza o serviço de arrecadação eleitoral para pré-candidatos de todo o Brasil.

Guilherme Sturm, sócio da Essent Jus, diz que o robô está ativo no site da empresa. Ele destaca que o diferencial está no baixo custo e em serviços adicionais disponibilizados para o candidato. “Não cobramos percentual sobre as doações. Ele paga uma taxa mensal, pois trata-se de um serviço. Além disso, pode estruturar de forma fácil e rápida um site para a sua campanha de alto nível, profissional, serviço incluso na mensalidade contratada”. O software dispara convites para possíveis doadores, que acessam o site do candidato e definem o valor a ser doado. Os valores são transferidos para a conta de arrecadação do candidato. 

O site é profissional, intuitivo e de fácil configuração. Sturm acredita que é uma ação social, já que permite que candidatos de pequenas cidades, que talvez não teriam recursos para pagar pelo desenvolvimento de um site, possam usufruir do serviço com um custo baixo, acessível. “É um site profissional, que pode fazer a diferença na campanha”. Além disso, como outro diferencial, a mesma empresa oferece o serviço de contabilidade eleitoral. Assim, o cliente tem suporte para dois serviços, em um único pacote.

O Robô de Arrecadação da Essent Jus está no mercado há três anos, desde que a legislação permitiu este tipo de serviço em campanhas eleitorais. O software arrecadou mais de R$ 5 milhões na última eleição. Foram 32 mil doações em dinheiro em 26 estados mais Distrito Federal para 3 candidatos a presidente, 6 governadores, 23 senadores, 318 deputados federais e 450 deputados estaduais.