Prefeitura de Passo Fundo discute alternativas para setor de eventos

Prefeitura de Passo Fundo discute alternativas para setor de eventos

Proposta de construção de protocolos sanitários foi apresentada em reunião entre o Executivo e representantes do setor

COLABORE

Reunião ocorreu na manhã de sexta-feira, na prefeitura

publicidade

"É preciso enfrentar, com responsabilidade e compromisso, este problema econômico e social”, disse o prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, aos empresários e representantes do setor de eventos que participaram de uma reunião, na sexta-feira (12), na Prefeitura. Organizada após a entrega de um documento ao Governo do Estado solicitando a revisão dos protocolos sanitários que torne possível a liberação de eventos corporativos e sociais, a atividade foi acompanhada também por secretários municipais e pelo comandante do 3º RPMon, tenente Coronel Volnei Ceolin.

O prefeito reforçou que a Administração Municipal é sensível à reivindicação dos organizadores de eventos, que estão com suas atividades suspensas desde o primeiro semestre de 2020, mas que a competência de permitir a flexibilização das medidas de distanciamento social é do Estado. “Nós entregamos um documento ao governador, Eduardo Leite, manifestando a preocupação com a economia e o fechamento de postos de trabalho que vem sendo registrados em função destas categorias ainda estarem com suas ações interrompidas. É uma situação bastante complexa para todos”, ponderou Pedro.

Na reunião, o chefe do Executivo explicou quais são as atribuições legais da Prefeitura, a partir da instituição do sistema de bandeiras e de cogestão entre Estado e municípios, além de apresentar alguns números relativos às ações de fiscalização feitas pelo Poder Público, em parceria com a Brigada Militar. “Preconizamos um trabalho de prevenção e orientação. Por isso, a força-tarefa criada para essa finalidade intensificou as fiscalizações e realizou, desde março do ano passado, quase 11 mil abordagens em todo o município”, comentou o prefeito, apresentando ainda outros indicadores.

Durante a reunião, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Diorges Oliveira, que participou da atividade com o Governo do Estado, apontou a necessidade de que os representantes deste setor se organizem para construir, de forma coletiva, protocolos sanitários que possam ser ajustados aos decretos Estaduais e as legislações vigentes que estabelecem as medidas para o distanciamento social. “Esse é um ponto importante. Muitos segmentos sofreram e ainda enfrentam os impactos econômicos da pandemia, mas quando há união fica mais fácil de se trabalhar”, observou ele.

Neste sentido, o prefeito colocou as estruturas das secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Econômico à disposição do setor para a construção de protocolos que possam atender às determinações sanitárias. “É uma alternativa que podemos construir juntos enquanto damos sequência a campanha de vacinação e trabalhamos para receber novas doses que nos permitam ampliar a imunização da nossa população. A Prefeitura tem interesse em retomar o desenvolvimento econômico, assim como tem trabalhado para preservar vidas”, reiterou Pedro.


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895