Santo Cristo é a cidade que mais exportou erva-mate para Argentina em 2020

Santo Cristo é a cidade que mais exportou erva-mate para Argentina em 2020

A erva exportada é do tipo cancheada, que está no processo inicial de industrialização

COLABORE

Caminhão carregado de erva mate no rio Uruguai, em Porto Xavier

publicidade

De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a cidade de Santo Cristo foi a maior exportadora de erva-mate para a Argentina durante o ano de 2020. A erva exportada é do tipo cancheada, que está no início do processo de industrialização. Esse material será utilizado para fazer erva de chimarrão e outros produtos. O valor exportado pelo município foi de US$ 2 milhões, equivalente a 1,9 milhões de quilos, sendo que o total de exportação da erva mate cancheada pelo Brasil foi de 12 milhões de quilos, resultando em US$ 13,8 milhões. Essa conquista contribui para a geração de valor adicionado no município e mostra a importância desse produto para a economia do sul do Brasil. 
 
A Regional Trade é que realiza o processo de exportação da erva-mate de Santo Cristo. Ela é uma Empresa Comercial Exportadora (ECE) e, devido aos parceiros comerciais que possui, foi possível atingir a primeira posição no ranking. Segundo a base de dados do MDIC, em 2019, foi exportado para a Argentina apenas 1 milhão de quilos e US$ 1,6 milhões de erva cancheada. Para Gerson Lauermann, diretor de operações da Regional Trade, o crescimento exponencial para o ano de 2020 ocorre pelo aumento da demanda interna de erva por conta da pandemia, que fomentou o consumo de mates individuais. Outro ponto que evidencia esse crescimento é a reexportação que a Argentina faz desse produto agrícola produzido no Brasil.
 
A erva-mate tem um cultivo de baixo impacto ambiental e possui bom aproveitamento de mão de obra para colheita e processamento da folha verde. De acordo com Lauermann, um aspecto que impacta economicamente esse setor, é que o consumo do produto aumentou no mundo todo, não somente para erva de chimarrão, mas para diversos outros fins. A exportação brasileira de erva-mate e derivados em 2020 para o mundo foi de 49 milhões de quilos e US$ 87 milhões, um dado que mostra como esse impacto contribui para a economia brasileira.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895