Sicoob começa a emprestar R$ 1,6 bilhão do Pronampe

Sicoob começa a emprestar R$ 1,6 bilhão do Pronampe

O Pronampe foi criado em maio de 2020 para auxiliar pequenas e médias empresas atingidas pela pandemia do novo coronavírus

COLABORE

O limite por cooperado é de até 30% do faturamento bruto anual de 2019 ou 2020

publicidade

O Sistema Cooperativo Sicoob tem mais R$ 1,6 bilhão para emprestar às empresas associadas, com recursos disponibilizados através do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).  O Pronampe foi criado em maio de 2020 para auxiliar pequenas e médias empresas atingidas pela pandemia do novo coronavírus.

O Programa possibilita empréstimos com juros reduzidos, subvencionados através do Fundo Garantidor de Operações (FGO). Agora com a Lei 14.161, de 2/6/2021, que altera a Lei 13.999, com algumas pequenas mudanças, ele passa a ser disponibilizado de forma permanente, mas com limitações ou tetos de valor por instituição financeira e também limitado pelos recursos disponíveis no FGO.

O público-alvo são as micro e empresas de pequeno porte (com faturamento anual até R$ 4,8 milhões), que terão prazo de 48 meses e carência de 11 meses para quitar o empréstimo, com juros Selic + até 6% ao ano.

O limite por cooperado é de até 30% do faturamento bruto anual de 2019 ou 2020, o que for maior, limitado a R$ 150 mil por CNPJ. Caso a empresa tenha menos de um ano de constituição será considerado 50% do capital social, limitado a R$ 150 mil por CNPJ. E caso o cooperado já tenha tomado crédito de Pronampe nas fases anteriores, este valor será deduzido do limite.

Apesar de divulgado na lei, os profissionais liberais estarão fora do programa neste primeiro momento. A própria Receita Federal não fez o envio dos códigos para que este público possa acessar o recurso.

Os associados Sicoob interessados em acessar a linha de crédito podem procurar sua cooperativa para informações adicionais sobre o programa.


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895