Startup de Santa Maria inova em meio à pandemia

Startup de Santa Maria inova em meio à pandemia

Gestão DS foi pioneira ao implementar o serviço de telemedicina em um software de gestão médica

COLABORE

Sócios seguem inovando e têm como objetivo agregar novos serviços ao segmento

publicidade

O crescimento sempre foi um dos objetivos da Gestão DS, como de qualquer outra empresa, principalmente quando o grupo societário é formado, quase em sua totalidade, por administradores. Porém, crescer e, ao mesmo tempo, proporcionar inovação aos clientes e segurança para a população torna-se um grande propósito em meio a uma pandemia.
 
Com apenas quatro anos de mercado, a empresa possui sede em Santa Maria e Porto Alegre, e viu seu quadro de colaboradores saltar de 13 para 31 pessoas em apenas três meses. Este crescimento ocorreu justamente ao mesmo tempo em que a pandemia trouxe um caos ao sistema de saúde e à vida financeira de muitas empresas. 
 
Felipe Ravanello, cofundador e diretor comercial da Gestão DS, revela que a empresa foi uma das primeiras a implementar, dentro de um software de gestão, o serviço de telemedicina. “O software entrega a segurança que outras plataformas abertas não conseguem garantir”. O serviço, uma inovação na área médica, proporciona uma consulta médica online. O software da empresa traz segurança aos usuários, garantindo o sigilo médico paciente, a gravação de consultas e o aceite de termos de uso de ambas as partes: médico e paciente. 
 
Ele lembra que a empresa também foi pioneira na implementação de um sistema de Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM) dentro do software de gestão médica. “Buscamos crescer e auxiliar nossos clientes. Da mesma forma que a telemedicina proporciona segurança, o CRM aproximou os médicos de seus pacientes”. O grupo, formado ainda pelos sócios Marcelo Limana, André Baptista e David Sena, segue inovando e tem como objetivo agregar novos serviços ao segmento, como máquinas próprias para pagamento online. 
 
Felipe lembra que a empresa surgiu dentro da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), quando os sócios cursavam administração. Depois disso, passou por um período de pré-incubação e incubação na Pulsar, incubadora de empresas da universidade. O espaço ficou pequeno e, em maio deste ano, ocorreu a mudança para suas sedes próprias. O objetivo sempre foi proporcionar um produto para descomplicar e simplificar a gestão. “O software precisava ser prático e intuitivo. Para isso, fizemos imersões em consultórios médicos para entender a rotina e os processos. E nosso grande diferencial é o suporte”.
 
A empresa possui 4,3 mil usuários de mais de 60 especialidades médicas em todos os estados brasileiros. Busca oferecer um grande ecossistema: uma única plataforma que possa resolver todo o processo de gestão médica. O grupo de profissionais acredita no conteúdo de qualidade para educar as pessoas e fazer a diferença no setor de saúde.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895