Alegando motivos familiares, Cuca deixa o Atlético-MG

Alegando motivos familiares, Cuca deixa o Atlético-MG

Saída do Galo foi comunicada pelo técnico em reunião com presidente Sérgio Coelho e investidores

Correio do Povo

Alegando motivos familiares, Cuca deixa o Atlético-MG

publicidade

Campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, tudo que se imaginava para o Atlético-MG era a continuidade de Cuca. O rumo do clube para 2022, no entanto, foi alterado por uma decisão surpreendente do treinador, que nessa segunda-feira se reuniu com dirigentes do Galo e avisou que não retornará para a próxima temporada. Segundo informações da ESPN e da rádio Itatiaia, ele alegou motivos familiares para deixar o time mineiro de maneira antecipada. 

O encontro teve a participação dos investidores do clube e do presidente Sérgio Coelho. Na ocasião, Cuca também teria se comprometido a não assumir nenhum clube na próxima temporada. O vínculo do profssional com o Galo iria até o fim de 2022. 

O ano de 2021 foi especial para Cuca. O técnico conduziu o Atlético-MG à Triplice Coroa, conquistando os títulos do Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil. Na Libertadores, a equipe foi longe e chegou à semifinal, sendo derrotada pelo Palmeiras, que acabou se tornando campeão em cima do Flamengo. A história de Cuca com o Atlético-MG não se resume a este ano, já que em 2013 o clube foi campeão da Libertadores daquele ano. 

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895