Após goleada nas Eliminatórias, Colômbia anuncia saída do técnico português Carlos Queiroz
patrocinado por

Após goleada nas Eliminatórias, Colômbia anuncia saída do técnico português Carlos Queiroz

Treinador não resistiu as derrotas por 3 a 0 para o Uruguai, em Barranquilla, e por 6 a 1 para o Equador, em Quito em novembro

AE

Português deixa a Colômbia após 18 jogos com nove vitórias, cinco empates e quatro derrotas

publicidade

O português Carlos Queiroz não é mais o treinador da seleção da Colômbia. O anúncio de sua saída do comando da equipe nacional foi feito na noite de terça-feira pela Federação Colombiana de Futebol (FCF, na sigla em espanhol) nas redes sociais e no site oficial da entidade. Contratado no início de 2019, ele deixa o time após as derrotas por 3 a 0 para o Uruguai, em Barranquilla, e por 6 a 1 para o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Em um comunicado oficial, a FCF informou que chegou a um acordo com o treinador português, de 67 anos, para a sua "não continuidade" à frente do comando técnico da seleção, desejando "o melhor" para o seu futuro profissional.

"Para a FCF foi um orgulho tê-lo durante quase dois anos, nos quais nos brindou com toda a sua capacidade de trabalho, conhecimento e experiência. A contribuição que nos deixa servirá para continuar o desenvolvimento dos projetos que estão sendo levados a cabo com todas as seleções do nosso país", afirmou a entidade que comanda o futebol colombiano.

Queiroz tinha bons números até a última Data Fifa, em novembro. Ele deixa a Colômbia após 18 jogos com nove vitórias, cinco empates e quatro derrotas. À frente da seleção sul-americana, o português disputou a Copa América do ano passado e foi eliminado nas quartas de final para o Chile nos pênaltis. Também foi técnico das seleções de Portugal, Irã, Emirados Árabes Unidos e África do Sul e treinou o Sporting Lisboa e o Real Madrid.

Com quatro pontos em quatro jogos, a Colômbia é a próxima adversária do Brasil nas Eliminatórias. O duelo em casa, pela quinta rodada, está marcado para o dia 25 de março. A seleção brasileira é a líder do qualificatório, com 12 pontos.

A partir desta quarta-feira, o Comitê Executivo da FCF iniciará o processo de procura e seleção do treinador que ocupará, em um futuro imediato, o cargo de técnico da seleção colombiana.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895