Após oito meses, Dado Cavalcanti deixa comando técnico do Bahia
patrocinado por

Após oito meses, Dado Cavalcanti deixa comando técnico do Bahia

Nos últimos seis jogos do Brasileiro, tricolor baiano empatou um e perdeu cinco

Agência Brasil

Técnico Dado Cavalcanti comandou o time em 51 jogos nos últimos oito meses: venceu 21, empatou 11 e perdeu 19

publicidade

O Bahia comunicou nesta terça-feira que Dado Cavalcanti não é mais o técnico do time. O treinador assumiu o comando da equipe em dezembro do ano passado, após a saída de Mano Menezes. Além de evitar o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2020, Cavalcanti conduziu o Esquadrão de Aço à conquista da Copa do Nordeste deste ano. No entanto, nas últimas seis rodadas da Série A, o Tricolor empatou uma vez, e perdeu outras cinco, sendo que três delas jogando em Salvador.

Em comunicado, o Tricolor baiano não mencionou se o treinador foi demitido ou pediu desligamento, mas agradeceu os serviços prestados e desejou sorte ao técnico. A nova regra do Brasileirão limita a apenas duas as demissões de treinadores ao longo da competição.

Dado Cavalcanti comandou o time em 51 jogos nos últimos oito meses: venceu 21, empatou 11 e perdeu 19. Foram 81 gols marcados e 61 sofridos. Além do treinador, deixam o time os auxiliares Pedro Gama e Dito Wolley.

Nesta terça, o Esquadrão de Aço será dirigido pelo português Bruno Lopes, técnico do time de transição. Já o elenco sub-23 será comandado por Eduardo Guadagnucci, do sub-20.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895