Após revés na estreia, Brasil empata com a França no Mundial Feminino de Handebol
capa

Após revés na estreia, Brasil empata com a França no Mundial Feminino de Handebol

Seleção brasileira empatou em 19 a 19 com a atual campeã do mundo

Por
AE

Seleção brasileira empatou em 19 a 19 com a atual campeã mundial, a França

publicidade

Depois de perder para a Alemanha em sua estreia no Mundial Feminino de Handebol, a seleção brasileira empatou em 19 a 19 com a atual campeã França, em duelo disputado na madrugada deste domingo (no horário de Brasília), em Kumamoto, no Japão.

O próximo compromisso do Brasil será contra a Coreia do Sul, que venceu justamente a França em sua estreia. A partida está marcada para madrugada desta terça, às 3 horas, e é decisiva para a seleção brasileira se manter com chances de classificação à próxima fase. As outras equipes do Grupo B são Dinamarca e Austrália.

Após duas rodadas, o Brasil é o quinto colocado da chave com um ponto, atrás da França nos critérios de desempate, e à frente da Austrália, que ainda não pontuou. Alemanha, com quatro, e Dinamarca e Coreia do Sul, ambas com três, ocupam os três primeiros lugares, que avançam de fase.

As brasileiras alternaram bons e maus momentos na partida. Na primeira etapa, estiveram à frente do placar no começo, mas não conseguiram sustentar a vantagem por muito tempo e viram as adversárias irem ao intervalo com três gols de vantagem (10 a 7).

O Brasil, campeão em 2013, na Sérvia, em uma final histórica diante das donas da casa, conseguiu encaixar seu jogo no começo do segundo tempo e, liderado pela meia direita Bruna de Paula, autora de três gols e eleita a melhor da partida, buscou o empate.

O confronto seguiu equilibrado e as brasileiras passaram à frente no placar (15 a 14) com um gol da goleira Renata, aproveitando que a meta rival estava vazia. As francesas pressionaram e deixaram o jogo empatado. No final, o 19 a 19 refletiu o que foi o duelo.

"Fizemos um jogo muito equilibrado, a equipe iniciou bem concentrada e a defesa pegou confiança e segurança. Ficamos abaixo no placar no primeiro tempo, mas penso que foi por alguns erros que cometemos em arremessos. No segundo tempo conseguimos igualar o placar e até passar, mas falhamos em alguns chutes e, nos últimos momentos, a França ficou à frente no marcador. Mas a equipe manteve a confiança e a calma para conseguir um empate, que acredito ser importante porque retomamos o espírito que esta equipe pode ter", avaliou o técnico Jorge Dueñas.