Botafogo anuncia demissão do técnico Eduardo Barroca
capa

Botafogo anuncia demissão do técnico Eduardo Barroca

Equipe carioca perdeu a quarta partida consecutiva, neste domingo

Barroca não é mais o técnico do Botafogo

publicidade

O técnico Eduardo Barroca, 37 anos, não resistiu à derrota no clássico para o Fluminense por 1 a 0, neste domingo no Engenhão, e a série de quatro tropeços seguidos pelo Botafogo no Campeonato Brasileiro. Após o novo revés, a diretoria se reuniu com o treinador e acertou o seu desligamento do comando do time.

O vice-presidente de futebol do clube, Gustavo Noronha, oficializou a demissão, em entrevista coletiva, após uma reunião que durou mais de uma hora e meia com a diretoria. "O Botafogo precisa de uma reação no campeonato. Nossa sequência é muito negativa no segundo turno. Ocorreu um consenso que neste momento a gente precisava de uma mudança. Vamos com calma buscar um profissional que esteja adequado com nossa forma de jogar e também respeitando nossa situação financeira", explicou o dirigente.

Auxiliar-técnico permanente, Bruno Lazaroni deve dirigir o time interinamente contra o Goiás, na quarta-feira, pelo Brasileiro, novamente no Engenhão. O adversário, ao contrário do time carioca, vem em alta com quatro vitórias seguidas.

Barroca foi contratado em abril, quando comandava o time da categoria sub-20 do Corinthians, para substituir Zé Ricardo. O começo do jovem treinador na equipe foi animador. O time carioca terminou o primeiro turno em 10º lugar, posição acima do esperado. No segundo, porém, o Botafogo ainda não somou um ponto sequer até então. Já na Copa Sul-Americana, Barroca levou o Botafogo até as oitavas de final, sendo eliminado pelo Atlético-MG.

O comandante deixa o Botafogo com dez vitórias, três empates e 14 derrotas. O time carioca não vence desde a 18ª rodada, na qual superou o Atlético-MG por 2 a 1, em  8 de setembro, no Rio.