Cavani não deve renovar com o PSG no fim do ano, diz jornal francês
capa

Cavani não deve renovar com o PSG no fim do ano, diz jornal francês

Conforme o L'Équipe, o uruguaio e o zagueiro brasileiro Thiago Silva não estão nos planos da direção por conta da idade

Por
Correio do Povo

Lesionado, jogador não atua desde 25 de agosto

publicidade

O brasileiro Thiago Silva e uruguaio Edinson Cavani, do Paris Saint-German, não devem renovar contrato com a equipe no final do ano e estariam livres no mercado, conforme o jornal L'Équipe. Dois dos atletas mais antigos do time – há sete e seis anos, respectivamente, atuando no Estádio Parc des Princes –  eles ainda não receberam extensões para garantir sua permanência na Cidade Luz. Se nada mudar, a partir de janeiro de 2020, poderão assinar com qualquer outro clube.

Segundo indica o periódico, o diretor esportivo do PSG, o ex-jogador brasileiro Leonardo não quer renovar o contrato dos dois por conta da idade os atletas. O zagueiro tem 35 anos e o atacante, 32. No caso do camisa 9, um dos goleadores do clube, suas últimas lesões colaborariam para seu afastamento definitivo do clube.

Cavani não joga há quase dois meses. Sua última partida foi em 25 de agosto, quando sentiu uma lesão no quadril na goleado por 4 a 0 contra Toulouse, pela Liga 1. Em entrevista coletiva na semana passada, o técnico alemão do clube da capital francesa, Thomas Tuchel, disse que o jogador "não sente dores, mas também não está completamente confortável".

De acordo com o jornal, Cavani tem propostas do futebol norte-americano, além de sondagens informais da Inter de Milão, tradicional time do norte da Itália. A chegada do atacante Mauro Icardi nesta temporada, justamente por empréstimo da equipe italiana, facilitaria a saída do uruguaio.