Caxias oficializa a saída de Rafael Lacerda e a chegada do técnico Rafael Jaques
patrocinado por

Caxias oficializa a saída de Rafael Lacerda e a chegada do técnico Rafael Jaques

Lacerda deixou carta agradecendo a torcida e a torcida pelos quase dois anos como treinador do clube grená

Correio do Povo

Técnico Rafael Lacerda levou o Caxias a final do Gauchão 2020, após ganhar a Taça Ewaldo Poeta

publicidade

O Caxias oficializou na tarde desta segunda-feira a saída do técnico Rafael Lacerda do clube e a chegada do treinador Rafael Jaques, que irá comandar a equipe grená na Série D do Campeonato Brasileiro. O clube da Serra publicou no site e nas redes sociais um agradecimento especial ao profissional que fez 65 partidas no comando da equipe, com isso ficou entre os 10 com mais vezes comandando o time.

“Lacerda já fazia parte da história grená como atleta e capitão”, diz o texto de agradecimento.

O treinador assumiu o comando do Caxias na Copa Seu Verardi de 2019. Em 2020, foi vice-campeão gaúcho, chegando à final após a conquista da Taça Ewaldo Poeta, primeiro turno do estadual. Foi eleito também o melhor treinador da competição. Em 2021, conduziu o "Grená do Povo" a mais uma semifinal de Gauchão,  mas acabou desclassificado pelo Grêmio.

Rafael Jaques será apresentado nos próximos dias pelo Caxias. A primeira partida pelo grupo A-08 da Série D do Campeonato Brasileiro está marcada para o final de semana 5 ou 6 de junho, contra o Juventus, em Santa Catarina.

• Confira a carta de despedida do técnico Rafael Lacerda:

Hoje me despeço e deixo o cargo de técnico da S.E.R. Caxias!

Foram quase 2 anos de muito trabalho, empenho e dedicação total a esse clube que tenho tanto carinho. Conquistamos juntos a Taça Ewaldo Poeta, fomos Vice-Campeões Gaúcho em 2020, e neste ano chegamos a mais uma semifinal de Gauchão. Tudo isso fruto de um conjunto muito forte entre torcida, direção, comissão técnica, atletas e funcionários.

Foi um período intenso em minha vida e que dei o meu máximo para que o Caxias obtivesse êxito nos seus objetivos. Infelizmente não conseguimos o tão sonhado acesso à Série C, grande desejo de todos nós, clube e torcida. Mas tenho certeza que essa instituição está pronta e merece voos maiores.

Como toda relação, tivemos altos e baixos.  Sempre respeitei a torcida grená e tentei retribuir o carinho que recebi. Desde os tempos de atleta, foram muitos momentos marcantes ao lado desse torcedor que me abraçou quando estive aqui. Como sempre falei, a torcida é o grande combustível e ídolo do clube e é por ela que o Caxias vai seguir.

Deixo também meus agradecimentos a direção pelo trabalho realizado, aos membros da comissão técnica que estiveram do meu lado em todos os momentos, aos atletas, grandes parceiros e que compraram a minha ideia sempre, e aos funcionários que fazem parte do dia a dia do clube na busca do melhor para o Caxias.

A todos, meu carinho e minha admiração sempre.  Como torcedor que sou, ficarei na torcida pelo Caxias. Eternamente grato!

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895