Celestino Valenzuela morre aos 92 anos em Porto Alegre

Celestino Valenzuela morre aos 92 anos em Porto Alegre

Ícone da narração esportiva no Rio Grande do Sul estava internado no hospital São Francisco, da Santa Casa

Correio do Povo

Celestino Valenzuela morre aos 92 anos em Porto Alegre

publicidade

Ícone da narração esportiva no Rio Grande do Sul, Celestino Valenzuela morreu nesta sexta-feira aos 92 anos. Segundo informações do Jornal NH, o radialista estava internado no Hospital São Francisco, da Santa Casa de Porto Alegre. Ele teria sofrido um infarto ainda em junho e depois, já hospitalizado, faleceu devido a outras complicações. 

Veja Também

Valenzuela marcou época ao se transformar em uma das vozes das conquistas da Libertadores e do Mundial de 1983 pelo Grêmio. Ele também trabalhou durante as conquistas dos títulos brasileiros do Inter na década de 70. Ele era conhecido pelo uso do bordão "Que lance!". 

Celestino Valenzuela nasceu em Alegrete, em 9 de junho de 1928. Ele trabalhou nas rádios Itaí, Farroupilha, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Gaúcha e na RBS TV, onde apresentou o RBS Esporte.

Grêmio e Inter usaram as redes sociais para manifestar o pesar pela morte de Valenzuela. 

 

 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895