Com gol histórico de Mertens, Napoli elimina Inter e faz final com a Juventus

Com gol histórico de Mertens, Napoli elimina Inter e faz final com a Juventus

Equipe italiana garantiu vaga na final da Copa da Itália ao empatar por 1 a 1

AE

O belga se tornou o maior artilheiro da história do clube napolitano, com 122 gols

publicidade

O Napoli garantiu vaga na final da Copa da Itália, neste sábado, ao empatar, por 1 a 1, no Estádio San Paolo, em Nápoles, com a Internazionale. No primeiro jogo, os napolitanos haviam vencido, por 1 a 0, no Estádio Giuseppe Meazza, em Milão.

Mas a classificação napolitana não foi fácil. A Inter partiu para o ataque desde o início e conseguiu abrir o placar logo aos dois minutos, com um gol olímpico do dinamarquês Christian Eriksen, após falha de toda a zaga do Napoli.

O jogo foi bastante disputado durante todo o tempo, com as duas equipes criando boas oportunidades. A Inter não se contentou com o gol, que acabava com a vantagem construída pelo Napoli no primeiro duelo, e continuou ofensiva, forçando o goleiro colombiano Ospina a fazer belas defesas e ser um dos destaques da partida.

O gol de empate do Napoli surgiu ainda no primeiro tempo e entrou para a história do clube. Aos 41 minutos, Ospina iniciou rapidamente a jogada, ao lançar Insigne na esquerda. O toque rápido do atacante encontrou Dries Mertens, livre no meio da área, para igualar o placar. O belga se tornou o maior artilheiro da história do clube napolitano, com 122 gols.

No fim do jogo, a Inter pressionou bastante em busca do gol da classificação. Aos 36 minutos, Eriksen chutou à queima roupa, mas Ospina fez grande defesa.

O adversário do Napoli, quarta-feira, em Roma, será a Juventus, que eliminou o Milan, após dois empates, mas com uma igualdade na casa do adversário por 1 a 1 e outra em seu estádio por 0 a 0.

Campeã das últimas quatro edições, a Juventus busca a 14.ª taça da Copa da Itália, enquanto Napoli, detentor do título em 2014, vai tentar a sexta conquista na competição.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895