Com gol no fim, Fluminense vence o Paysandu no Maracanã por 2 a 1
capa

Com gol no fim, Fluminense vence o Paysandu no Maracanã por 2 a 1

Resultado dá ao time carioca a vantagem do empate no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

Por
AE

Resultado dá ao time carioca a vantagem do empate no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

publicidade

Com um futebol tímido, o Fluminense foi pressionado e por pouco não teve a vida complicada pelo Paysandu no estádio do Maracanã, no Rio, nesta quinta-feira. Quando o jogo se encaminhava para o empate, o lateral-direito Renato acertou um chutaço, nos acréscimos, e garantiu a vitória por 2 a 1. O resultado dá ao time carioca a vantagem do empate no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, em Belém, na próxima semana.

A partida começou com muita movimentação dos dois times. Dono da casa, o Fluminense controlou a posse de bola e partiu para o ataque conduzido pelo bom primeiro tempo do meia Ronaldinho Gaúcho. Aos 20 minutos, o jogador deu um passe de futevôlei, com o peito, para o atacante Fred, que desperdiçou a chance clara batendo em cima do goleiro.

O Paysandu, por sua vez, marcava muito bem e era mais objetivo nos contra-ataques, criando as melhores oportunidades da partida. Na primeira, Aylon recebeu cruzamento na área e chutou de voleio, mas a bola estourou no peito do goleiro Julio Cesar, que substituiu o contundido Diego Cavalieri. Em seguida, foi a vez de Yago Pikachu fazer fila na defesa tricolor e só parar no goleiro, que travou a bola.

O Fluminense arrumou a defesa e conseguiu frear, por um tempo, o ímpeto paraense. Fred sentiu uma pancada na coxa e nem voltou para o segundo tempo, mas seu substituto Magno Alves entrou mostrando serviço. Aos 10 minutos, recebeu bom cruzamento de Gustavo Scarpa e marcou de cabeça.

A equipe visitante encontrava dificuldades para penetrar na defesa tricolor, mas teve o objetivo facilitado em falta sofrida por Carlinhos na entrada da área tricolor. Yago Pikachu, destaque da equipe, bateu e empatou. Por duas vezes, o time paraense quase virou em jogadas de escanteio salvas por Julio Cesar. Aos 47 minutos, porém, Renato acertou um chute no ângulo de Emerson, impedindo o tropeço em casa.