Cruzeiro anuncia demissão de Luxemburgo

Cruzeiro anuncia demissão de Luxemburgo

Uma nova comissão técnica será anunciada nos próximos dias

Correio do Povo

Luxa comandou o clube em oito vitórias, 11 empates e quatro derrotas em 23 jogos na Série B

publicidade

Por meio de suas redes sociais, o Cruzeiro anunciou que não renovará a atual comissão técnica do clube, capitaneada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. No entanto, o comunicado não menciona o nome do treinador, que comandou a Raposa na série B.

“Desde a instauração de auditoria interna, o Comitê de Transição analisa todas as operações, procedimentos e contratos vigentes a fim de desenvolver uma gestão eficiente da SAF Cruzeiro”, diz o texto. “Para adequar as contas à realidade orçamentária do clube, a diretoria foi orientada a não renovar com a atual comissão técnica. A nova equipe será anunciada nos próximos dias. Em paralelo, outros desligamentos no departamento de futebol estão em curso”, completa.

Veja Também

A saída de Luxemburgo era ventilada nas últimas semanas, após o anúncio da compra do clube por Ronaldo Fenômeno. No comando da casamata, foram oito vitórias, 11 empates e quatro derrotas em 23 jogos na Série B – retrospecto que manteve o clube apenas na 14ª posição.

Com a reestruturação prometida por Ronaldo, o Cruzeiro iniciou mudanças para a temporada de 2022. Na semana passada, o clube anunciou a desistência da contratação de Alexandre Mattos como diretor de futebol. O veto teve o aval do Fenômeno.

Nas últimas semanas, o Cruzeiro acelerou a busca de reforços e buscou a contratação do zagueiro Sidnei, que estava no Real Betis, da Espanha. Além dele, a equipe tirou do Palmeiras o goleiro Jailson e confirmou as chegadas do lateral Pará, que estava no Santos, além dos meias João Paulo e Pedro Castro.

 

Logo após o anúncio do Cruzeiro, Luxemburgo usou as redes sociais para se manifestar. Pelo Twitter, ele divulgou um vídeo de agradecimento por ter trabalhado novamente na Raposa e desejou sorte ao clube em 2022. "Recebi a decisão do Cruzeiro com tristeza, até porque não era uma coisa que eu queria, mas estava disposto a aceitar qualquer decisão. Quero agradecer ao torcedor cruzeirense pelo apoio e pelo carinho que teve comigo sempre. Foi muito bom ter voltado ao Cruzeiro e a Minas Gerais. E gostaria de desejar sorte ao Cruzeiro, que o time consiga os seus objetivos porque eu estarei na torcida", disse. 

 

 

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895