Cuiabá e Chapecoense têm empate frustrante em 0 a 0
patrocinado por

Cuiabá e Chapecoense têm empate frustrante em 0 a 0

Jogo adiantado da 31ª rodada virou ponto amargo para ambos os times

AE

Donos da casa não conseguiram se aproximar da zona de Libertadores

publicidade

Em um jogo com destaque para a defesa, Cuiabá e Chapecoense ficaram no empate sem gols na noite desta quinta-feira, na Arena Pantanal, pela 31ª rodada, adiantado por ajuste do calendário. O resultado não agradou ninguém. O time do Mato Grosso perde grande oportunidade de entrar na briga por vaga até mesmo na Copa Libertadores, enquanto a equipe catarinense se afunda ainda mais na zona de rebaixamento, apesar de mostrar evolução.

O Cuiabá continuou na nona posição, agora, com 39 pontos. Em sexto, o Corinthians tem 44. A Chapecoense, por outro lado, somou seu 14º ponto. O Bahia, primeiro fora da zona de rebaixamento, tem 33.

Sonhando em disputar uma competição internacional pela primeira vez na história, o Cuiabá tomou a iniciativa do duelo, teve a posse de bola e criou as principais oportunidades de gol na etapa inicial. No entanto, Keiller, um destaque positivo na campanha irregular da Chapecoense na temporada, foi o principal entrave. O goleiro fez defesas importantes para segurar o zero no marcador.

Mas chamou a atenção a pouca criatividade de ambas as equipes no setor ofensivo, fazendo com que as defesas sobressaíram nos primeiros 45 minutos. Se o Cuiabá foi pouco eficaz, a Chapecoense, então, menos ainda. Mike, no entanto, continuou sendo o atleta mais perigoso da equipe, assim como foi nas rodadas anteriores.

No segundo tempo, o Cuiabá montou uma blitz próxima à área da Chapecoense e foi com tudo para cima. Elton teve grande chance de abrir o marcador, mas Keiller fez mais uma grande defesa, desta vez, com as pontas do dedo. Já a Chapecoense começou a apostar no contra-ataque e também teve boa oportunidade com Henrique Almeida, que mandou para fora.

Vendo seu time com dificuldade ofensiva, Jorginho fez alterações que colocaram a equipe no ataque. Sem encontrar uma solução definitiva, a torcida começou a agir e provocou a Chapecoense em alusão ao possível rebaixamento da equipe à Série B do Brasileiro. Mas o time catarinense continuou compacta, impedindo os avanços do rival.

O gás do Cuiabá acabou nos minutos finais, diferente da Chapecoense que começou a sobrar em campo, mas a sorte continuou jogando contra. O time catarinense criou uma grande oportunidade com Marquinho. De frente para Walter, jogou a chance de voltar a vencer nas mãos do goleiro Walter. Do lado do adversário, Osman, em uma forte cabeçada, mandou por cima do gol.

Na próxima rodada, o Cuiabá volta a campo no domingo, às 20h30, diante do Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). Na segunda-feira, às 20h, a Chapecoense recebe o Flamengo, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Os jogos são válidos pela 30ª rodada.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895