Depois de 675 minutos sem gol, Gabriel Jesus comemora: "Sabia que iria marcar"
capa

Depois de 675 minutos sem gol, Gabriel Jesus comemora: "Sabia que iria marcar"

Atacante também deu assistência para Roberto Firmino fazer o segundo da partida

Por
Correio do Povo

Gabriel Jesus arranca e vence Otamendi para fazer jogada do segundo gol

publicidade

O atacante Gabriel Jesus finalmente voltou a balançar as redes com a camisa da Seleção. Depois de 675 minutos, jogador fez o primeiro gol e deu a assistência para o segundo na vitória sobre a Argentina por 2 a 0 na noite desta terça-feira, que valeu vaga na final da Copa América 2019. 

Após a partida, o atacante comemorou o gol, em um jogo fundamental para as pretensões da Seleção. "Fico até sem palavras. Considero todos os jogos importantes, inclusive quando não vou bem", frisou.

Jesus declarou que entrou confiante desde o início do jogo, indo para cima desde os primeiros momentos, mesmo errando. "Tinha na minha cabeça que eu iria marcar hoje", declarou.

Jesus também exaltou a atuação defensiva da Seleção. Declarou-se feliz pela partida da equipe, e citou outra entrevista, dada ao longo da semana, quando falou que os argentinos "teriam que suar" para entrar na defesa brasileira. "Todo mundo está de parabéns pelo empenho e pela entrega. Temos que jogar todos os jogos com esse espírito", finalizou.