Dirigente do Bayern se mostra aberto ao novo Mundial de Clubes

Dirigente do Bayern se mostra aberto ao novo Mundial de Clubes

Rummenigge disse que associação de clubes europeus deverá ter uma palavra sobre a divisão de dividendos desta nova competição

Bayern de Munique se mostra disposto a analisar novo Mundial de Clubes

publicidade

O homem forte do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, se mostrou aberto neste domingo (17) a debater a opção de um Mundial de Clubes com 24 equipes, dois dias depois do veto ao projeto por parte da Uefa e da associação de clubes europeus (ECA), à qual o Bayern pertence. "O atual Mundial de clubes em dezembro é um contrassenso", afirma o ex-craque Rummenigge em uma entrevista no jornal FAZ de Frankfurt.

"Entendo que a Fifa queira agora reformular esta competição". Mas esta semana, a ECA ameaçou boicotar essa nova Copa do Mundo, um projeto defendido pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino. "Acho que Gianni Infantino se equivocou ao não chegar a um acordo prévio com a ECA e com (seu presidente) Andrea Agnelli", respondeu Rummenigge ao ser perguntado sobre a atitude dos clubes europeus. "Isso gerou essa posição pública na defensiva. Eu lamento e não aprecio que entre a Fifa, a Uefa e a ECA não haja uma base de debate positivo".

Mas Rummenigge estima que a ECA deverá ter uma palavra sobre a divisão de dividendos desta nova competição. "Ouvi dizer que uma parte dos lucros iria para as federações nacionais (...). As contribuições solidárias devem ir para as ligas e seus clubes, isso é evidente. Afinal de contas é uma competição disputada por clubes".

O dirigente do Bayern, eliminado nas oitavas de final da 'Champions' pelo Liverpool, simpatiza com a ideia de que esta Copa do Mundo possa substituir a Copa das Confederações no calendário. "Sempre pedem para que nossos jogadores sejam colocados à disposição, sem que obtenhamos nenhum benefício como clube", protestou. A Alemanha conquistou a última Copa das Confederações em 2017 na Rússia, vencendo o Chile por 1 a 0 na final.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895