Draxler admite que "não é fácil" gerir egos de Neymar, Cavani e Mbappé no PSG
capa

Draxler admite que "não é fácil" gerir egos de Neymar, Cavani e Mbappé no PSG

Temporada para a equipe parisiense começa com a disputa do Troféu dos Campeões (Supercopa da França) contra o Rennes, no sábado

Por
AFP

Julian Draxler ainda falou que "ter a sorte de jogar com eles, é um prazer diário"

publicidade

Neymar, Edinson Cavani e Kylian Mbappé, as três grandes estrelas do Paris Saint-Germain, são "jogadores excepcionais", mas que podem ter "um ego que não é fácil para a equipe", admitiu nesta segunda-feira o meia alemão Julian Draxler.

"Todos são jogadores excepcionais, é duro encontrar no mundo jogadores desse nível", declarou Draxler. "Mas está claro que eles têm seus objetivos, eles 'vivem futebol', querem marcar a cada jogo, tem um ego", completou.

"Às vezes não é fácil para a equipe, mas se tiver a sorte de jogar com eles, é um prazer diário", continuou o alemão. "Eu sou melhor jogador agora do que era quando cheguei (ao PSG em 2017)", destacou Draxler, que confirmou ter uma missão pendente no PSG: "A Liga dos Campeões. Esse era o grande objetivo quando assinei e não fomos longe o suficiente".

O PSG está atualmente realizando turnê de pré-temporada na China, onde perdeu amistoso para a Inter de Milão (1-1, 5-6 nos pênaltis) e enfrentará o Sydney FC nesta terça-feira. A temporada para a equipe parisiense começa com a disputa do Troféu dos Campeões (Supercopa da França) contra o Rennes, no sábado 3 de agosto em Shenzhen.