Dupla Gre-Nal pede aos torcedores que evitem aglomerações nas "decisões" em Porto Alegre
patrocinado por

Dupla Gre-Nal pede aos torcedores que evitem aglomerações nas "decisões" em Porto Alegre

Capital terá duas partidas determinantes nesta semana, pelo Brasileirão, com o Inter, e pela Copa do Brasil, com o Grêmio

Correio do Povo

Cenário da pandemia na cidade é alarmante

publicidade

A prefeitura de Porto Alegre pediu "reforço" para Grêmio e Inter no combate às aglomerações e na conscientização da população ao momento grave da pandemia na Capital. Nesta quarta-feira, os presidentes Romildo Bolzan Júnior e Alessandro Barcellos se reuniram com o vice-governador Ranolfo Vieira Jr e o vice-prefeito, Ricardo Gomes, para discutir ações de apoio diante o agravamento de casos da Covid-19. Na quinta-feira, o Colorado recebe o Corinthians no Beira-Rio e pode se sagrar campeão brasileiro, no domingo, o Tricolor enfrenta o Palmeiras na partida de ida decisão da Copa do Brasil.

Ambas os jogos preocupam as autoridades e os dirigentes dos clubes, que reiteram a importância dos torcedores permanecerem em casa neste momento. Também participaram do encontro os secretários municipais de Segurança Mário Ikeda e Governança Cássio Trogildo, representantes do Judiciário, Ministério Público, Brigada Militar e Guarda Municipal.Desde a última terça-feira, o governo do Rio Grande do Sul restringiu às atividades das 22h até às 5h e está incentivando que a população evite sair sem necessidade. 

"Com emergências e hospitais enfrentando um momento de superlotação, é dever de todos cuidar de si e dos próximos, preservando a vida e a saúde", diz o Tricolor em nota. "A paixão do povo colorado é motivo de orgulho para todos nós. Porém, mais do que nunca, precisamos ter consciência da situação que o país atravessa", publicou o Colorado nas redes sociais. 

Desde a retomada da temporada futebolistíca, a Guarda Municipal vem atuando para evitar aglomerações das torcidas. Em caso de títulos da Dupla, a avenida Goethe, palco tradicional de celebrações, não será liberada para eventuais festejos.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895