Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo são adiadas
patrocinado por

Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo são adiadas

Pandemia do novo coronavírus impede realização de partidas

Agência Brasil

Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo terão início em setembro

publicidade

A fase de grupos das Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo, que deveriam começar em junho, agora terão início em setembro. Esta é a segunda oportunidade na qual os jogos são adiados por causa da pandemia do coronavírus, informou a Confederação Africana de Futebol (CAF) nesta quinta-feira. 

A CAF anunciou através de um comunicado que a decisão foi tomada conjuntamente com a Fifa “levando em consideração o transtorno atual causado pela Covid-19 e a necessidade de garantir condições de jogo ideais para todos os times”. Jogos das Eliminatórias já haviam sido adiados em outubro passado por causa da pandemia do novo coronavírus.

Nesta semana a CAF emitiu uma lista de estádios aprovados para as primeiras duas rodadas de Eliminatórias, o que deixou um quarto dos 40 times que disputam vagas para a Copa do Catar (2022) sem um campo no qual disputar suas partidas em casa.

Entre os afetados está o Senegal, que disputou a Copa do Mundo de 2018 (Rússia), e o Mali, uma das seleções que encabeçam as chaves das Eliminatórias. Burkina Faso, República Centro-Africana, Libéria, Maláui, Namíbia, Nigéria e Serra Leoa também foram prejudicadas.

Ainda existem preocupações com as restrições de viagem impostas a jogadores chegando da Europa, muitos dos quais perderam a rodada final das Eliminatórias de março para a edição 2021 da Copa Africana de Nações porque alguns países-sede estavam nas listas vermelhas de nações europeias por causa da pandemia.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895