Em comunicado, Conmebol rechaça Copa do Mundo a cada dois anos
patrocinado por

Em comunicado, Conmebol rechaça Copa do Mundo a cada dois anos

Entidade aumentou coro contra as mudanças no torneio e disse que, se projeto avançar, não liberará seleções sul-americanas

R7

Ideia dividiu opiniões no mundo do futebol

publicidade

O projeto de fazer a Copa do Mundo a cada dois anos parece cada vez mais distante de se tornar realidade. Apesar do esforço da Fifa em tornar viável a mudança no formato do torneio, entidades, jogadores e torcedores tem criticado a proposta. Nesta quarta-feira, foi a vez da Conmebol se posicionar de forma contrária.

Em comunicado divulgado nas redes sociais, a entidade decidiu que, por não ver "razões, benefícios ou justificativas" para uma Copa do Mundo bienal, suas seleções não participarão caso a mudança seja aprovada pela Fifa. 

A decisão da Conmebol vem de acordo com a postura adotada pela Uefa, que representa o futebol europeu. Sendo assim, a Fifa agora tem as principais entidades do futebol mundial contra o projeto de mexer no formato da Copa do Mundo. 

"O projeto em questão dá as costas aos quase 100 anos de tradição do futebol mundial, ignorando a história de um dos eventos esportivos mais importantes do planeta", pontua a entidade.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895