Empresário russo Roman Abramovich confirma que Chelsea está à venda

Empresário russo Roman Abramovich confirma que Chelsea está à venda

Abramovich temia pelos reflexos econômicos do conflito e tem se envolvido nas negociação de paz no leste europeu.

AFP

No sábado, Abramovich anunciou que repassaria o comando da administração do Chelsea

publicidade

O empresário russo Roman Abramovich anunciou nesta quarta-feira que o clube inglês de futebol Chelsea, do qual ele é proprietário desde 2003, está à venda. Em um comunicado do clube, o milionário de 55 anos compartilho sua "decisão de vender o clube", em alusão à "situação atual".

Na semana passada, o empresário alegou que estava se se empenhando para que cesse a guerra entre Rússia e Ucrânia. O empresário temia pelos reflexos econômicos do conflito e tem se envolvido nas negociação de paz no leste europeu. Sanções impostas por importantes nações, como o Reino Unido, podem provocar grandes perdas para Abramovich.

No sábado,  Abramovich anunciou que repassaria o comando da administração do Chelsea para uma fundação de caridade do próprio clube londrino. O russo não deixaria, no entanto, de ser proprietário do atual campeão europeu e mundial, mas se afastaria dos holofotes para que fossem interrompidas as pressões políticas sobre sua propriedade.

Veja Também

Porém, o repasse do controle do Chelsea para a fundação de caridade tem sofrido com percalços e complicações legais para ser efetivada. Os dirigentes da fundação apresentam dúvidas sobre a compatibilidade em dirigir concomitantemente uma associação de caridade e clube de futebol.

Thomas Tuchel, técnico do Chelsea, foi perguntado sobre o tema e disse que não se vê afetado diretamente por qualquer mudança. Segundo o treinador alemão, Marina Granovskaia, diretora do clube e braço direito de Abramovich, garantiu que o cotidiano da equipe não será impactado.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895