Falta de boas ondas adia início do WSL Finals na Califórnia
patrocinado por

Falta de boas ondas adia início do WSL Finals na Califórnia

Brasil chega como favorito ao evento, com quatro concorrentes

Agência Brasil

Italo Ferreira é um dos favoritos para a competição

publicidade

A Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês) anunciou que não haverá disputas no primeiro dia da janela de competições (que vai até o dia 17) do WSL Finals, etapa realizada em San Clemente, Califórnia (EUA), e que definirá o grande campeão do Circuito Mundial de Surfe.

A justificativa para o adiamento do início das disputas é a expectativa de que comece uma grande ondulação na região nos próximos dias, o que beneficiará muito a dinâmica do evento, que deve transcorrer em apenas um dia.

“Olhando para a previsão, definitivamente teremos ondas realmente boas para este evento”, disse a vice-presidente sênior de Tours da WSL, Jessi Miley-Dyer. “É tão bom estar de volta a Trestles, essa onda é incrível, é uma onda de alto desempenho. Então, vamos esperar as condições perfeitas. Há um swell muito bom vindo no domingo, segunda e terça-feira”, declarou a dirigente.

O Brasil chega forte à competição, com Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo ocupando as posições mais altas do ranking masculino da WSL (Liga Mundial de Surfe) e a gaúcha Tatiana Weston-Webb sendo a vice-líder entre as mulheres.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895