FGF lança campanha para combater violência e preconceito nos estádios
capa

FGF lança campanha para combater violência e preconceito nos estádios

Parceria com a Polícia Civil, Ministério Público e OAB tem como objetivo informar público e incentivar denúncias de crimes ocorridos no ambiente do futebol

Por
Correio do Povo / Rádio Guaíba

Lançamento ocorreu na sede da FGF nesta terça-feira


publicidade

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) lançou, na tarde desta terça-feira, uma campanha que tem como objetivo combater a violência e o preconceito nos estádios. Com o nome de "Juntos contra a violência e o preconceito", a ação em parceria com o Ministério Público, a Polícia Civil e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) tem como objetivo informar ao público e incentivar denúncias caso presencie violência e preconceito de qualquer tipo.

A cerimônia de lançamento ocorreu na sede da FGF. A campanha é de cunho informativo, com o objetivo de informar ao público que negar, impedir, interromper, restringir, constranger ou dificultar ações por motivo de preconceito de raça, cor, etnia, religião ou origem é crime.

De acordo com o presidente da FGF, Luciano Hocsman, o objetivo é conscientizar a sociedade como um tudo, dando a dimensão e o significado de crimes envolvendo preconceito de qualquer espécie. "A gente espera que possamos chegar ao final do ano sem casos de violência nesse sentido. É um pouco utópico, mas precisamos acreditar", destacou.

Além disso, a Polícia Civil também disponibilizará um canal de comunicação para que as pessoas possam fazer a denúncia, por meio do (51) 9.8444.0606. O número ainda não está ativo, mas passará a funcionar apenas quando as partidas do Campeonato Gaúcho tiverem início.