Flamengo vence Fluminense com tranquilidade e segue disparado
capa

Flamengo vence Fluminense com tranquilidade e segue disparado

Clássico acabou com placar de 2 a 0, mas poderia ter sido mais elástico

Por
Estadão Conteúdo

publicidade

Insaciável, o Flamengo, líder com ampla folga no Campeonato Brasileiro, superou o Fluminense no clássico deste domingo por 2 a 0, no Maracanã, pela 27ª rodada, e chegou à marca de 14 jogos de invencibilidade. O time do português Jorge Jesus, que escalou o melhor que tinha à disposição, chegou ao triunfo com gols de Bruno Henrique e Gerson. O atacante, aliás, é o vice-artilheiro do Brasileirão, com 12 gols e balançou as redes pela nona vez em clássico neste ano, três contra cada um dos principais rivais do Flamengo.

Agora, são 13 vitórias nos últimos 14 jogos para a equipe, que alcançou os 64 pontos e manteve uma distância muito confortável em relação a Palmeiras e Santos. Os números impressionante convergem com o bom futebol apresentado. Já o Fluminense, depois de engatar uma série positiva, parou nos 29 pontos, acumulou a segunda derrota seguida e voltou a ficar mais perto da zona de rebaixamento.

Disparado na liderança do Brasileirão, o Flamengo esquece o torneio nacional por ora e se concentra no segundo jogo da semifinal da Copa Libertadores diante do Grêmio. O duelo será na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. O time rubro-negro tem a vantagem de poder empatar sem gols. O Fluminense faz na próxima rodada do Brasileirão, a 28ª rodada, um duelo direto contra o rebaixamento. O time enfrenta a Chapecoense no sábado, às 19h30, no Maracanã. No domingo, o Flamengo recebe o CSA, às 19 horas.

Neste domingo, a superioridade do Flamengo foi visível, Muriel salvou o Fluminense em vários momentos e a equipe só conseguiu incomodar em algumas investidas de Yony González. O goleiro fez quatro defesas difíceis em duas finalizações de Gabriel, um arremate de Everton Ribeiro e em um cabeceio de Rodrigo Caio, mas não conseguiu parar Bruno Henrique, decisivo em clássicos. No início do jogo, aos três minutos, Rodinei cruzou na medida para o atacante cabecear no canto esquerdo e abrir o placar.

O técnico Marcão apostou em atacantes de velocidade e a estratégia até fez o Fluminense incomodar o rival, sem letalidade, contudo. Na principal chance tricolor, Diego Alves defendeu uma finalização de puxeta de Yony. O problema maior, no entanto, foi o desempenho defensivo. Havia muitos espaços para o Flamengo atacar e Muriel teve de intervir para evitar um revés maior.

Na etapa final, os comandados de Jorge Jesus dosaram a intensidade e o ritmo caiu, mas não o suficiente para ter sua vantagem ameaçada. Pelo contrário, ela foi ampliada com Gerson. Logo antes de ser substituído por Willian Arão, o meia recebeu de Reinier na direita, levou para o meio e arrematou com precisão no canto direito de Muriel. Jesus também tirou Filipe Luís, que acabara de se recuperar de lesão de campo, já pensando no duelo contra o Grêmio. No final, Lucão teve chance para diminuir o marcador, mas Diego Alves apareceu para garantir o triunfo por 2 a 0 do Flamengo.