Fluminense busca empate contra o Flamengo na decisão do Carioca
patrocinado por

Fluminense busca empate contra o Flamengo na decisão do Carioca

Rubro-negro abriu o placar e chegou a dominar, mas tricolor se recuperou para igualar em 1 a 1

R7

Fla-Flu terminou igual no Maracanã

publicidade

Flamengo e Fluminense empataram o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, disputado neste sábado, no Maracanã. Com uma postura dominante, o Rubro-Negro controlou as ações, terminou o primeiro tempo em vantagem, mas o Tricolor fez um grande segundo tempo e conseguiu o empate.

O segundo jogo será disputado no próximo sábado às 21h, e também terá transmissão da Record TV, para todo o Brasil.

Como em muitas partidas, o Flamengo conseguiu dominar o meio-campo e ditou o ritmo da partida. Desde os primeiros minutos, a equipe apostou na habilidade de Diego e Gerson para envolver o adversário. Por sua vez, o Fluminense fez de tudo para subir a marcação e evitar infiltrações na própria área.

Os primeiros minutos foram truncados e de poucas chances. Mesmo dominando, o Flamengo chegou mais perto do gol em lances de bola parada. Aos 7 minutos, Arrascaeta cobrou falta na área e Rodrigo Caio tocou de cabeça para Bruno Henrique chegar chutando. Mas a bola pegou muita força e foi por cima do gol. Aos 13, outra chance parecida: Filipe Luís cobrou escanteio e Rodrigo Caio cabeceou, mas a bola foi por cima.

O Flamengo abriria o placar logo depois, em cobrança de pênalti. Gerson sofreu um pisão e o juiz marcou falta fora da área, logo depois orrigida pelo VAR. Na cobrança, aos 18 minutos, Gabriel bateu forte, sem chances para Marcos Gabriel.

O Fluminense respondeu dois minutos depois: em cobrança de falta de Nenê, a bola foi desviada por Nino e sobrou para Kayky diante do gol aberto. Ele chutou rasteiro para fora.

Mas o Flamengo manteve o domínio, com 71% da posse de bola aos 26 minutos. O Fluminense, cercado, apostou em contra-ataques, e teve ainda outra boa chance com Fred, que furou em chute aos 43, após receber cruzamento do lateral Calegari.

No segundo tempo, o Fluminense aumentou um pouco o ritmo e subiu a marcação, o que diminuiu a posse de bole do Flamengo. Mesmo enfrentando dificuldades, o Rubro-Negro continuou ameaçando no início da etapa complementar. Aos 11, Gabriel chutou da entrada da área, mas Marcos Felipe defendeu facilmente. No minuto seguinte, Bruno Henrique chutou após receber cruzamento de Arrascaeta e exigiu boa defesa do goleiro tricolor.

Aos 31, contudo, o Fluminense alcançou o empate. Em cobrança de escanteio, Egídio aproveitou rebote e lançou na segunda trave. Luiz Henrique escorou e tirou o goleiro Gabriel Batista da bola. Abel Hernández só empurrou para as redes. O VAR chegou a checar a jogada, mas confirmou que não houve impedimento no lance.

O Tricolor até poderia ter virado aos 34. Luiz Henrique puxou contra-ataque, mas chutou pra fora. Aos 39, outra chance clara para o Fluminense, em um cabeceio de Caio Paulista, que saiu sem direção.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895