Fortaleza goleia e manda o Vasco para a zona do rebaixamento
patrocinado por

Fortaleza goleia e manda o Vasco para a zona do rebaixamento

Derrota por 3 a 0 deixa cariocas na obrigação de bom resultado contra o Inter

AE

publicidade

Em um confronto direto na luta contra o rebaixamento, o Fortaleza fez valer o fator casa e passou por cima do Vasco ao ganhar por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena Castelão, pela 35ª rodada do Brasileirão. A derrota mandou os cariocas para a zona do rebaixamento e eles jogarão exatamente contra o Inter, no domingo, pela recuperação.

A segunda vitória seguida encaminha a permanência do Fortaleza na elite. O time está na 15ª colocação, com 41 pontos, quatro a mais que o próprio Vasco, que abre a zona de rebaixamento. Os comandados de Vanderlei Luxemburgo chegaram ao quarto jogo sem vitória.

O empate não interessava a ninguém e por isso o jogo começou movimentado. Logo no primeiro minuto, Carlinhos recebeu de Benítez na entrada da área e só não abriu o placar para o Vasco porque a finalização explodiu na trave.

A resposta do Fortaleza, aos 7, foi mortal. David fez boa jogada e passou para Igor Torres, que dominou e mandou no cantinho de Fernando Miguel. Esse foi o primeiro gol como profissional do atacante de apenas 20 anos.

O Vasco parece ter sentido o gol e viu o Fortaleza quase ampliar aos 20 minutos em chute rasteiro de Wellington Paulista. Fernando Miguel defendeu bem. Na sequência, Yago Pikachu recebeu de Caio Lopes e mandou na rede pelo lado de fora.

A situação do time comandado por Luxemburgo ficou ainda mais dramática aos 43 minutos. David recebeu passe preciso de Luiz Henrique, invadiu a área e bateu na saída de Fernando Miguel.

A atuação ruim no primeiro tempo fez Luxemburgo voltar com duas alterações do intervalo: Talles Magno e Cano nos lugares de Caio Lopes e Ygor Catatau. O argentino começou no banco de reservas pois não treinou alguns dias devido a um mal estar.

Como o Vasco precisou se lançar ao ataque, o Fortaleza ficou com espaço para contra atacar. E foi assim que o time cearense "matou" o jogo aos 17 minutos. Osvaldo escapou em velocidade e cruzou rasteiro para Romarinho bater de primeira.

O Vasco chegou a diminuir aos 22 minutos com German Cano aproveitando rebote de Felipe Alves, mas o gol foi anulado pelo VAR devido a uma falta de Henrique em Romarinho na origem do lance. Na sequência, Fernando Miguel evitou o quarto do Fortaleza em chute de Romarinho.

Diante de um Vasco entregue, o time cearense criou algumas oportunidades nos minutos finais. Wellington Paulista recebeu de Tinga e bateu por cobertura de Fernando Miguel, mas a bola saiu. O artilheiro tentou ainda de bicicleta e mandou para fora. O time alvinegro quase fez o gol de honra com Gabriel Pec e German Cano.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895