Grêmio e Inter enfrentam calendário cheio antes de retorno da Libertadores e da Sul-Americana
patrocinado por

Grêmio e Inter enfrentam calendário cheio antes de retorno da Libertadores e da Sul-Americana

Antes da volta das competições, times devem fazer um clássico Gre-Nal pelo Brasileirão

Correio do Povo

Times terão média de um jogo a cada três dias

publicidade

Classificados como primeiros colocados de seus grupos, respectivamente nas Copas Libertadores e Sul-Americana, Inter e Grêmio precisam esperar até a terça-feira, dia 1º de junho, para o sorteio que definirá seus adversários na próxima fase. Depois, a expectativa para as partidas das oitavas de final será ainda maior: ambas as competições retornam apenas em julho, logo após a Copa América. Os jogos de ida serão entre os dias 13 e 15, e os de volta, entre os dias 20 e 22.

Nesse ínterim, tanto o técnico Miguel Ángel Ramírez quanto Tiago Nunes terão chances para aprofundar seus trabalhos nos clubes, integrar e recuperar atletas. No entanto, o período não servirá apenas para treinamentos visando a evolução para chegar nas finais dos torneios continentais. A dupla Gre-Nal terá agenda cheia, pois vai começar uma maratona de compromissos, com o início do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

O último jogo da dupla antes do retorno das oitavas das competições continentais pode, inclusive, ser um Gre-Nal. A tabela da CBF mostra na 11ª rodada o clássico com data ainda a definir. A partida anterior, para ambos, ocorre no dia 7 de julho e, seguindo o ritmo de um jogo a três dias, há a possibilidade do duelo acontecer no dia 10 ou 11 de julho.

Inter

O Colorado terminou a primeira etapa da Libertadores na liderança do B, apesar do desempenho irregular – foram seis jogos, três vitórias, duas derrotas e um empate. Pelo resultado, ficará no pote A, ao lado dos outros primeiros colocados, Palmeiras, Barcelona de Guayaquil, Fluminense, Racing, Argentinos Juniors, Flamengo e Atlético-MG. Cada um enfrentará um dos times que ficou em segundo: Defensa y Justicia (ARG), Olimpia (PAR), Boca Juniors (ARG), River Plate (ARG), São Paulo, Universidad Católica (CHI), Vélez Sarsfield (ARG), Cerro Porteño (PAR).

Conforme as regras, clubes do mesmo país podem se enfrentar nas oitavas, assim como equipes que estavam no mesmo grupo na fase anterior. Dessa forma, o Inter pode jogar novamente contra o Olimpia, que venceu duas vezes, com direito a goleada por 6 a 1 no Beira-Rio e triunfo simples fora de casa. Também pode enfrentar o São Paulo, num duelo nacional.

Mas, antes do novo jogo da Libertadores, o Inter troca a chave para a temporada de torneios nacionais. E começa a ficar com o calendário apertado. Neste domingo, o time comandado por Ramírez faz sua estreia no Brasileirão enfrenta o Sport, às 20h30min, em Porto Alegre. O duelo será um encontro dos vice-campeões dos Estaduais do Rio Grande do Sul e de Pernambuco deste ano. 

Na sequência, o Colorado viaja ao Nordeste para começar sua trajetória Copa no Brasil. Pela terceira e já eliminatória fase da competição, no dia 3 de junho, enfrenta o Vitória, na Bahia. E apenas três dias depois tem seu segundo compromisso no Brasileirão, no dia 6, contra o Fortaleza, no Ceará. Já no dia 10, tem o jogo de volta contra os baianos.

Os primeiros dias do próximo mês são um resumo do quão apertado será o trabalho do treinador Ramírez na temporada, com três taças em disputa. Para obter sucesso no ano, ele precisa encontrar o time ideal no Inter: nas primeiras partidas de 2021, o espanhol rodou bastante o time, sem que o torcedor possa dizer a escalação tida como titular sem hesitar em alguma posição. 

Confira o calendário do Inter até a volta da Libertadores:

30/05: Inter x Sport, às 20h30 (Brasileirão)
03/06: Vitória x Inter, às 19h (Copa do Brasil)
• 06/06: Fortaleza x Inter, às 16h30 (Brasileirão)
10/06: Inter x Vitória, às 21h30 (Copa do Brasil)
13/06: Bahia x Inter, às 18h15 (Brasileirão)
• 16/06: Inter x Atlético-MG, às 19h (Brasileirão)
• 20/06: Inter x Ceará, às 16h (Brasileirão)
24/06: Chapecoense x Inter, às 21h (Brasileirão)
• 27/06: América x Inter, às 20h30 (Brasileirão)
30/06: Inter x Palmeiras, às 19h (Brasileirão)
03/07: Corinthians x Inter, às 19h (Brasileirão)
07/07: Inter x São Paulo, às 21h (Brasileirão)
• A decidir: Grêmio x Inter (Brasileirão)

Grêmio

Líder do grupo H e dono melhor desempenho na primeira fase da Copa Sul-Americana, o Grêmio ainda não sabe o que é perder na competição. As cinco vitórias e um empate conquistados na etapa inicial renderam ao Tricolor um lugar no pote junto aos outros melhores colocados de cada grupo (Rosario Central, Independiente, Arsenal, Athletico-PR, Peñarol, Libertad e Bragantino) no sorteio de terça. Além disso, o time tem vantagem de decidir na Arena os jogos do mata-mata, contra qualquer adversário, até uma eventual final, que será disputada em campo neutro e partida única.

Para o sorteio da próxima semana, no outro pote estarão os terceiros colocados das oito chaves da Libertadores:  Independiente del Valle, Deportivo Táchira, Santos, Junior Barranquilla, Sporting Cristal, Nacional, LDU e América de Cali. Ou seja, nas oitavas de final o Tricolor pode enfrentar seus algozes das duas últimas edições da Libertadores. São eles o Santos, que eliminou o time nas quartas de final do ano passado, e o Independiente del Valle, que venceu o clube, então treinado por Renato Portaluppi, duas vezes na pré-Libertadores. Foram justamente esses dois reveses que culminaram com a ida pra a Sul-Americana e a saída do técnico.

O cenário atual na Arena é diferente daquele encontrado quando o ex-camisa 7 deixou a casamata do clube. Desde então, o time acumula bons desempenhos sob o comando no novo treinador, Tiago Nunes. O gaúcho de Santa Maria ainda não sabe o que é perder à frente do Grêmio. Em oito jogos, conquistou o Gauchão, com uma vitória e um empate contra o Inter na final. Há ainda a ansiedade pela recuperação e estreia de Douglas Costas, a grande contratação do ano

Agora, o técnico tem o desafio de manter as boas atuações no Campeonato Brasileiro, que começa neste domingo para a equipe. Às 16h, o primeiro compromisso no Brasileirão é contra o Ceará, na Arena Castelão. Na sequência, nada de descanso. Já na quarta-feira, dia 2 de junho é a vez de dar o pontapé inicial na terceira fase da Copa do Brasil, em disputa contra o Brasiliense, na Arena. 

Confira o calendário do Inter até a volta da Libertadores:

• 30/05: Ceará x Grêmio, às 16h (Brasileirão)
• 02/06: Brasiliense x Grêmio, às 16h30 (Copa do Brasil)
A decidir: Grêmio x Flamengo  (Brasileirão)
• 10/06: Grêmio x Brasiliense, às 16h30 (Copa do Brasil)
• 13/06: Grêmio x Athletico, às 16h (Brasileirão)
• 17/06: Sport x Grêmio, às 21h (Brasileirão)
• 20/06: Cuiabá x Grêmio, às 20h30 (Brasileirão)
• 23/06: Grêmio x Santos, às 20h30 (Brasileirão)
• 26/06: Grêmio x Fortaleza, às 16h30 (Brasileirão)
• 30/06: Juventude x Grêmio, às 21h30 (Brasileirão)
• 04/07: Grêmio x Atlético-GO, às 20h30 (Brasileirão)
• 07/07: Palmeiras x Grêmio, às 19h (Brasileirão)
• A decidir: Grêmio x Inter (Brasileirão)


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895