Ansioso por estreia, Léo Moura espera ser titular contra o Rosario Central

Ansioso por estreia, Léo Moura espera ser titular contra o Rosario Central

Lateral direito do Grêmio acredita que poderá jogar fora da Arena na Libertadores

Correio do Povo

Léo Moura é um dos quatro jogadores que terá que negociar a ampliação do vínculo com o Grêmio

publicidade

Em 2018, o técnico Renato Portaluppi anunciou que havia acordado com Léo Moura que o lateral jogaria apenas as partidas na Arena na reta final da temporada. Pois a poucos dias da estreia na Libertadores deste ano fora de casa diante do Rosario Central, o camisa 2 afirmou que ainda não teve nenhuma conversa com o treinador nesse sentido e acredita que poderá jogar diante dos argentinos em 6 de março.

“Quero chegar a esse jogo da Libertadores apto a poder começar, independente de ser fora. Eu fiz poucos jogos neste ano e penso que, se estiver 100% para encarar um jogo de Libertadores fora, o Renato vai saber disso. Deixo para ele essa decisão. Vou trabalhar nesses dias para estar em condições para o jogo”, afirmou Léo Moura, que disputou apenas uma partida nesta temporada.

Mesmo aos 40 anos, Léo Moura afirmou que ainda sente ansiedade por uma estreia. Ele afirmou que é esse seu sentimento a duas semanas do primeiro compromisso do Grêmio na Libertadores. “A ansiedade é grande. Eu estou ansioso para jogar mais uma Libertadores. A gente que já conquistou sabe como é. O jogador tem que ter isso aceso dentro dele. Cada campeonato que começo a jogar me deixa ansioso”, contou.

O lateral-direito também fez uma análise dos possíveis adversários do Grêmio. Nesta quinta-feira, Atlético Nacional e Libertad iniciam o confronto na fase preliminar. Quem passar, entrará na chave que tem, além do Tricolor, Rosario Central e Universidad Católica.

Léo Moura acredita que neste ano o Grêmio terá uma fase de grupos mais difícil que nas últimas temporadas. “Escolher adversário em uma Libertadores é sempre complicado. Já joguei contra o Libertad, é um clube que sabe jogar a Libertadores, em casa tem o apoio da torcida. O Atlético Nacional a gente vê o que tem feito nas últimas Libertadores. O grupo do Grêmio neste ano é um pouco mais difícil, mas o Grêmio é forte para jogar fora de casa e vencer os adversários’, projetou.

O Grêmio realiza nesta quinta-feira um jogo-treino contra o Guarani de Venâncio Aires. O próximo compromisso tricolor pelo Gauchão é apenas na segunda, às 20h, diante do Veranópolis na Arena.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895