Após derrota no Chile, torcida do Grêmio protesta na Arena

Após derrota no Chile, torcida do Grêmio protesta na Arena

Com faixas e falando em "obrigação de vencer o Gre-Nal", grupo de cerca de 100 torcedores fez ato na área externa do estádio

Correio do Povo

Torcedores protestaram na chegada do Grêmio na Arena

publicidade

Um grupo de cerca de 100 torcedores realizou um protesto na área externa da Arena do Grêmio, na tarde desta quinta-feira, com faixas e falando em "obrigação de vencer o Gre-Nal". A manifestação ocorreu após o Tricolor perder para o Universidad Católica, por 2 a 0, no Chile, pela Libertadores da América em partida que o técnico Renato Portaluppi classificou como "a pior atuação do ano". O resultado deixou a equipe na segunda colocação da chave, com quatro pontos, mas embolou o Grupo E. 

A equipe chegou em Porto Alegre perto das 16h, junto de seu presidente, Romildo Bolzan Júnior e de seu treinador. Segundo apurado pelo jornalista Hiltor Mombach, ainda nesta quinta uma reunião entre o mandatário gremista e o Conselho de Administração deve avaliar o momento do time e mudanças não estão descartadas. 

Os jogadores do Grêmio foram liberados na tarde desta quinta, e retornam para as atividades nesta sexta, às 15h30min, no CT Luiz Carvalho. O Tricolor volta a campo no domingo, às 16h, contra o Palmeiras, na Arena. Na próxima quarta, às 21h30min, o Grêmio enfrenta o Inter, pela Copa Libertadores, no estádio Beira-Rio. 


Foto: Ricardo Giusti

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895