Bobô pede paciência com a mudança tática feita por Roger no ataque

Bobô pede paciência com a mudança tática feita por Roger no ataque

Centroavante viu evolução contra o Santos, mas crê em crescimento na reta final do Brasileiro

Correio do Povo e Rádio Guaíba

Bobô crê que equipe irá crescer ainda mais no decorrer do Brasileirão

publicidade

A parada de 10 dias para as eliminatórias da Copa do Mundo serviu para o técnico Roger Machado mudar taticamente a equipe do Grêmio: saiu o jogador de velocidade no ataque para a entrada de Bobô. Apesar de ter gostado do desempenho contra o Santos, o centroavante fez questão de alertar sobre a necessidade de ter tempo para o time se readaptar a nova função.

“Roger me deu oportunidade. É difícil pegar um time do jeito que vinha jogando e colocar um centroavante, porque o toque de bola é muito grande nas pontas. Para o homem de área ser a primeira opção de passe, não é fácil”, afirmou Bobô. “O Roger pediu para empurrar o zagueiro para dentro do gol deles, para abrir espaços no meio para o Luan, para o Giuliano e para o Douglas. Minha função é essa. Segurar os dois zagueiros e dar mais espaços para os dois de trás fazer jogadas. E procurar ficar dentro da área para as jogadas pelos pontas. Se estiver presente, a qualquer momento posso fazer o gol”, completou.

No Brasileiro, o Grêmio marcou 43 gols em 30 jogos e tem o quinto melhor ataque da competição. Bobô atuou 16 vezes com a camisa do Tricolor desde que foi contratado no dia 25 de julho e marcou três gols. Apesar do pouco tempo de treinamento, o Bobô crê que o time evoluiu, mas tem muito a crescer. “O Roger vem pedindo nos treinamentos e contra o Santos já foi melhor. Mas a evolução é pouco a pouco. A equipe não vai mudar de um jogo para o outro. O time vinha de um jeito há muito tempo. Faltam oito jogos e, até o final do campeonato, já deve estar dentro do que a gente imagina”, disse o atacante.

O Grêmio realiza último treinamento antes de enfrentar a Chapecoense neste sábado, às 10h, no CT Luiz Carvalho. A partida contra os catarinenses está marcada para domingo, às 17h, na Arena.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895