Coletivo definirá se Jean Pyerre voltará a ser relacionado para enfrentar o Pelotas

Coletivo definirá se Jean Pyerre voltará a ser relacionado para enfrentar o Pelotas

Meia está há 171 dias sem disputar uma partida oficial e, se for liberado, deve ser opção no banco de reservas

Correio do Povo e Rádio Guaíba

Se não sentir nada, Jean Pyerre pode voltar a ser relacionado na partida contra o Pelotas, na Boca do Lobo

publicidade

* Com informações do repórter Bruno Ravazzolli

Enquanto o grupo do Grêmio segue viagem de Cáli para Porto Alegre, nesta quarta-feira, o meia Jean Pyerre se prepara para um teste que pode marcar a volta dele aos gramados. O jogador de 21 participará na quinta-feira, data da reapresentação do grupo principal, de um coletivo com o elenco reserva. Se nada sentir em relação ao esforço físico, pode ser relacionado para o jogo contra o Pelotas, no domingo.

O meia completa nesta quarta-feira 171 dias sem entrar em campo devido a uma lesão, que inicialmente foi diagnosticada com grau 2 na coxa direita, mas, posteriormente, foi elevada para o grau 3, bem mais grave. O último jogo de Jean Pyerre foi contra o Goiás, no dia 15 de setembro de 2019, mas a lesão ocorreu cinco dias depois em um treinamento. Pelo longo tempo de inatividade, se for liberado, o jovem deve iniciar a partida no banco de reservas.

Em janeiro, o Grêmio explicou a situação do jogador e a demora para voltar aos gramados. No texto, assinado pelo departamento de futebol do Grêmio, o clube detalhou os passos da recuperação, dizendo que ao final de outubro, o jogador apresentou boa recuperação. No entanto, "os exames de controle de imagem mostraram que a cicatrização ainda não estava completa".

O jogador voltou a ter evolução no final de novembro, recebendo alta do Departamento Médico e iniciando os trabalhos de transição com a preparação física. No entanto, apresentou regressão com alterações cicatriciais e atrofia muscular, além de pequeno edema no exame de imagem no retorno das férias.

Duas horas depois, o meia divulgou nota dando a sua posição sobre o ocorrido, destacando que ocorreu um erro inicial de diganóstico e que realizou trabalhos nas férias e procedimentos específicos para “a recuperação de uma fibrose desenvolvida na coxa direita”.

Depois de voltar a correr, Jean Pyerre treinou pela primeira vez com bola no dia 19 de fevereiro. Nove dias depois, o meia usou o Twitter para comemorar que voltou a chutar e não sentiu dor. 

O treino de quinta-feira está marcado às 15h30min. O jogo contra o Pelotas, válido pela segunda rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho, ocorre no domingo, às 16h, no estádio Boca do Lobo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895