Com Michel e Tardelli, Grêmio quase dobra número de gols e avança no Brasileirão
capa

Com Michel e Tardelli, Grêmio quase dobra número de gols e avança no Brasileirão

Nas 17 rodadas anteriores, o Tricolor havia vencido cinco jogos com um tento de diferença

Por
Correio do Povo

Nos últimos quatro jogos, Tardelli marcou dois gols e deu a primeira assistência na temporada 2019

publicidade

A fixação Michel na frente da área e de Diego Tardelli no setor ofensivo mudou a realidade do Grêmio no Campeonato Brasileiro. Desde que os dois jogadores entraram no time titular, na partida contra o Cruzeiro, o Tricolor Gaúcho praticamente dobrou o número de gols marcados na competição e subiu da 11ª colocação, com 22 pontos, para a sétima colocação com 34. Após 17 jogos, os comandados de Renato haviam marcado 20 gols. Nos últimos quatro jogos, foram 16 tentos marcados.

Apesar do principal objetivo da temporada ser a Libertadores, a palavra de ordem no Grêmio é foco no Fluminense no domingo e depois se preocupar com o adversário da semifinal da Libertadores, o Flamengo. “Precisamos manter o ritmo, a cabeça erguida e a humildade de respeitar o adversário, mas sempre fazendo o gol. Não podemos deixar cair. Temos o jogo contra o Fluminense e temos que deixar a Libertadores para depois. É uma preparação, mas bola para a frente e precisamos manter o foco”, declarou Michel.

O volante esteve em campo em 350 minutos dos 360 possíveis, sem contar os acréscimos. Situação semelhante vivida por Diego Tardelli atuando entre os titulares nas últimas quatro goleadas. O atacante atuou 294 minutos, marcou dois gols e deu a primeira assistência no ano.

“Estou em um momento bom, do jeito que queria estar no começo do ano. Coincidência ou não, depois da minha entrada a equipe evoluiu. Então, mostra a força e a qualidade. Sou cobrado para fazer gols, mas não posso empolgar com isso. Sei que terão momentos em que a bola não vai entrar e a cobrança vai vir. Estou bastante focado, concentrado e feliz com o momento”, afirmou o atacante.

Antes dos dois atletas entrarem na equipe, o Grêmio havia vencido cinco jogos e todos eles com um gol de diferença. O primeiro foi contra o Atlético-MG, por 1 a 0, com gol de Vizeu, no dia 26 de maio. No segundo, Pepê marcou no 1 a 0 contra o Fortaleza, no dia 8 de agosto. Em uma bela cobrança de falta, Jean Pyerre garantiu os três pontos no 1 a 0 contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. Pepê marcou os dois gols na vitória de 2 a 1 contra o Vasco. Contra o Athletico, Thaciano e Luciano deram a vantagem por 2 a 1 para o Tricolor.

Série invicta

Com os números da maior série invicta do Grêmio no Brasileiro, os últimos sete jogos, o Tricolor marcou 19 gols contra 17 das 14 partidas anteriores. No período, os comandados de Renato Portaluppi saíram da 14ª colocação com 17 pontos para a sétima com 34, também dobrando o número de pontos.


Confira o desempenho do Grêmio nas 21 rodadas do Campeonato Brasileiro - Imagem: CBF / Reprodução / CP

Treino fechado para definir reservas

Poucas horas depois de golear o vice-lanterna Avaí, por 6 a 1, na Arena, o Grêmio realiza na manhã desta sexta-feira um treino fechado no CT presidente Luiz Carvalho e sem entrevistas coletivas. Na atividade, Renato Portaluppi irá montar o time reserva que pretende escalar contra o Fluminense, no Rio de Janeiro. A viagem está marcada para as 13h30min. O jogo válido pela 22ª rodada será domingo, às 16h, no Maracanã.

•• Confira as escalações dos últimos quatro jogos

Cruzeiro 1x4 Grêmio
Paulo Victor; Galhardo, Geromel (David Braz), Kannemann e Cortez; Michel (Luan), Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton (Pepê); Tardelli.

Grêmio 3x0 Goiás
Paulo Victor; Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Matheus Henrique (Luan), Michel, Jean Pyerre, Alisson e Everton; Diego Tardelli.

Santos 0x3 Grêmio
Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez (Capixaba); Michel, Matheus Henrique, Luan (Pepê), Alisson e Everton; Diego Tardelli.

Grêmio 6x1 Avaí
Paulo Victor; Rafael Galhardo (Léo Moura), David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Matheus Henrique, Luan, Luciano (André) e Everton; Diego Tardelli (Patrick).