De volta ao Grêmio após 13 anos, Diego Souza revela "obsessão" pela Libertadores
capa

De volta ao Grêmio após 13 anos, Diego Souza revela "obsessão" pela Libertadores

Ainda como meia, jogador que esteve na campanha do vice-campeonato da competição pelo Tricolor em 2007 foi apresentado nesta terça

Por
Nicholas Lyra

Diego Souza volta ao Grêmio após 13 anos

publicidade

Diego Souza está de volta ao Grêmio. Após 13 anos longe do Tricolor, com passagens por diversos clubes do Brasil e do mundo, o então meia na primeira passagem retorna em outra função: chega como novo centroavante, após mudanças de características, com o objetivo de solucionar o problema na posição, que ainda não tem um titular confirmado que tenha caído nas graças da torcida. A apresentação ocorreu nesta terça-feira, no CT Luiz Carvalho.

E Diego chega ao Grêmio sonhando alto, após um gosto amargo ainda da sua primeira passagem. Em 2007, esteve como destaque na campanha que levou o Tricolor à final da Libertadores. No entanto, o vice-campeonato para o Boca Juniors de Riquelme interrompeu a trajetória. Agora, espera construir uma história diferente. "É meu maior sonho. Uma obsessão. Sem dúvida é uma competição que vamos estar com os olhos vidrados", destacou.

Agora centroavante, falou sobre as mudanças de posicionamento. Na campanha de 2007 e em boa parte da carreira, atuou como meia. Além disso, destacou que espera entrosamento com Everton. "É um jogador acima da média, com nível de seleção brasileira e uma velocidade fora do normal. Jogo entre as linhas, então teria facilidade em atuar com ele.

Ao comentar sobre a idade, o atacante de 34 anos frisou que isso não será um problema para atuar em alto nível na temporada. "A idade não importa. O que importa é o que você vai produzir. Estou muito feliz com essa oportunidade. Quero estar em campo o mais rápido possível", projetou.

Diego Souza preferiu não responder sobre o prazo para retornar aos gramados. Disse que estava trabalhando sozinho para se manter em condições, mas não estabeleceu um período, ao contrário de Thiago Neves, que espera estar em condições em no máximo 10 dias.

Ainda sem os dois novos reforços, o Grêmio volta à campo nesta quinta-feira, às 21h30min, para enfrentar o São José, na Arena. O jogo é válido pela terceira rodada do Gauchão.