Denis Abrahão afirma que "não vão derrubar o Grêmio" e pede arbitragem séria contra o Bahia

Denis Abrahão afirma que "não vão derrubar o Grêmio" e pede arbitragem séria contra o Bahia

Vice de futebol disse que os adversários estariam com medo do Tricolor

Correio do Povo

Dênis Abrahão condicionou campanha ruim à arbitragem

publicidade

Em entrevista coletiva após o empate em 2 a 2 contra o Flamengo, o vice do Grêmio Denis Abrahão pouco falou de futebol. Se resumiu a minimizar os problemas dentro de campo e esbravejou forte contra a arbitragem, a quem atribuiu a campanha ruim do time no Brasileirão por partidas em que a equipe teria sido prejudicada ao longo do campeonato. 

De acordo com o vice de futebol, o Grêmio voltou a ser prejudicado pela arbitragem. Reclamou, especialmente, do segundo cartão amarelo de Jonatha Robert, no lance com Vitinho. "O que aconteceu é resultado de uma arbitragem ruim. Voltamos a ser atrapalhados. Não é choro de perdedor", afirmou. 

E fez um alerta em tom incisivo ao árbitro do jogo contra o Bahia, na próxima sexta-feira. O vice de futebol ordenou que a arbitragem seja séria. "Desejo muita sorte ao senhor juiz. Que não brinque com a história do futebol brasileiro. Seja honesto", ironizou. Quem apita o jogo é o carioca Bruno Arleu de Araújo. 

E foi enfático ao, mais uma vez, afirmar que o Grêmio não irá ser rebaixado para a segunda divisão. "O Grêmio não vai cair, é campeão da América, campeão do mundo. Hoje deu provas que esse time é um fenômeno. Os adversários estão com medo do Grêmio. Meus jogadores foram homens pra caramba", avaliou.

O Grêmio volta a campo na sexta-feira, quando enfrenta o Bahia, às 19h. A partida, válida pela 36ª rodada, acontece na Arena Fonte Nova e será decisiva para as pretensões de seguir na Série A. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895