Diretor jurídico do Grêmio reitera que sempre desmentiu vinda de Cavani

Diretor jurídico do Grêmio reitera que sempre desmentiu vinda de Cavani

Licenciado de seu cargo no Tricolor, Nestor Hein parabenizou o clube em espanhol no dia da live de aniversário do clube e aumentou expectativa da torcida

Correio do Povo

Desde a terça-feira, Nestor Hein está licenciado de seu cargo no Grêmio e permanecerá assim até o dia 16 de novembro

publicidade

O diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein, afirmou nesta quinta-feira, que nem ele, nem o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior e nem o vice de futebol do Grêmio, Paulo Luz, confirmaram que o Tricolor contrataria o uruguaio Edinson Cavani ou que ele seria apresentado no dia do aniversário do clube. Pelo contrário, ambos negaram. Hein alegou que desde o primeiro minuto da especulação a "desmentiu categoricamente a contratação deste grande jogar" e questionou: "Quem criou essa catarse e nos distraiu de graves problemas?". A manifestação foi publicada em seu Twitter pessoal. 

Desde a terça-feira, Nestor Hein está licenciado de seu cargo no Grêmio e permanecerá assim até o dia 16 de novembro. Segundo ele, a decisão foi tomada para tratar de assuntos particulares.

E é por esta licença, que Hein alega ter parabenizado o clube em espanhol no dia 15 de setembro, o que aumentou a expectativa para a contratação de Cavani e um eventual anúncio na live de aniversário. "Pedi minha licença na sexta-feira, na terça-feira falei como torcedor, mas não vou mais me manifestar. Confio no Grêmio sem negar seus problemas", concluiu. 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895